Evento AfricanoArquivo no APERS

Deixe um comentário

     No último dia 23 o Arquivo Público do RS, como espaço de preservação e divulgação da memória, promoveu o evento AfricanoArquivo – História, memória e Consciência Negra no Arquivo Público. Mais uma vez as dependências do APERS serviram de espaço para reflexões sobre o legado deixado por africanos e afro-descendentes. Uma série de atividades foram pensadas afim de ressaltar o valor da herança cultural transmitida por nossos antepassados.

      Num primeiro momento foi apresentada uma roda de contação de histórias no pátio do APERS, utilizando os documentos que compõe a Oficina de Educação Patrimonial, Os Tesouros da Família Arquivo, que aborda a temática da escravidão. A equipe se apropriou da história dos escravos mencionados nestes documentos, lançou uma série de questionamentos sobre o futuro dos cativos em questão e o público contribuiu com depoimentos que enfatizaram a importância de difundir os costumes e tradições africanas. Logo após, também no pátio, contamos com a presença dos atores Charles Brito e Deyse Menghel em uma emocionante intervenção teatral.

      Durante o evento foi entregue o prêmio à vencedora do Concurso Cultural Dia Nacional da Consciência Negra promovido pelo APERS, a historiadora Adriana Costa. A etapa seguinte foi a exibição do filme Besouro (2009) que, dentre outros temas, ressalta a resistência escrava através da capoeira e revela de forma singela toda a magia dos orixás africanos. Após uma breve análise do filme feita pelo Professor e Mestre de Capoeira Paulo Grande, assistimos a uma vigorosa apresentação do Grupo de Capoeira Nação que empolgou todos os participantes.

      Por fim, o Professor Paulo lembrou que o Dia da Consciência Negra deve ser comemorado e que não podemos nos esquecer da preciosa contribuição dos africanos e afro-descendentes para a construção da nossa identidade. A luta pela liberdade dos negros no período da escravidão não deve ser esquecida. A busca pela cidadania, igualdade social e de oportunidades não deve cessar e todos temos um papel importante a cumprir nesta longa caminhada.

Veja abaixo as fotos do evento!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Visita guiada ao Memorial do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul

Deixe um comentário

     O Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul (APERS) continua a oportunizar seus servidores conhecer melhor as instituições ao seu entorno. Assim, no dia 21/11/2011, os servidores Aline Maciel, Aline Vedoin, Fábio Zimmer, Gabriel Russo, Rosemeri Iensen, Silvana Miranda e Sônia Fleischmann visitaram o Memorial do Ministério Público do Estado.

     Na ocasião os servidores assistiram dois vídeos institucionais: “Palácio do Ministério Público” e “Marcas de uma História”, os quais enfatizaram a questão da restauração do Palácio.

      Em seguida, foi realizada visita guiada ao prédio, ressaltando o resultado da obra de restauração, assim como oportunizando os servidores do APERS a conhecer um pouco da estrutura deste bem arquitetônico, já tombado.

     Por fim, os servidores conheceram o subsolo e puderam visitar a exposição “Fatos, Lendas e Mitos: Olhares sobre o imaginário de Porto Alegre”, organizada pelos acadêmicos do Curso de Museologia, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), a qual buscou rememorar o imaginário urbano por meio de três crimes que atravessam décadas na história de POA: Maria Degolada, Os Crimes da Rua do Arvoredo e a Prisioneira do Castelinho do Alto da Bronze.

Saiba mais.

Resultado Concurso Cultural Dia Nacional da Consciência Negra

Deixe um comentário

     Agradecemos aos participantes do Concurso Cultural e informamos que o prêmio da 1º colocada, Adriana Costa, será entregue dia 23.11.11, durante o AfricanoArquivo.

Dia 23/11 participe das atividades do AfricanoArquivo!

Deixe um comentário

História, memória e Consciência Negra no Arquivo Público!

O Arquivo Público do Estado (APERS) é uma instituição que reconhece seu potencial e sua responsabilidade como espaço de memórias. Nesta perspectiva, desenvolve projetos relativos à história da escravidão e liberdade, buscando ressaltar a contribuição dos africanos e afro-descendentes na constituição histórica de nosso país, nossa cultura, nossa forma de ver o mundo.

Em 2011 não será diferente: queremos um espaço para refletir a respeito da cultura afro-brasileira, do legado de nossos antepassados que ajudaram a construir a sociedade do presente, e do papel que temos hoje para concretizar uma sociedade mais justa e plural em um breve futuro.

Assim, o APERS convida:

NOVA VOTAÇÃO Concurso Cultural Dia Nacional da Consciência Negra

Deixe um comentário

Devido a problemas técnicos na votação do nosso concurso cultural, para que a aferição seja justa e transparente, estamos zerando a contagem neste momento e reabrindo a enquete, onde será possível realizar um único voto por IP.

A votação se estenderá até o domingo, dia 20/11, Dia da Consciência Negra.

Lembramos que as três frases selecionadas farão parte de um painel que será exposto no Espaço Joel Abílio Pinto dos Santos (sala de exposições do APERS) e a frase mais votada ganhará as publicações das últimas Mostras de Pesquisa do APERS e outros brindes!

Para votar clique aqui!

Arquivo Público RS na Feira do Livro: lançamento dos Anais da IX Mostra de Pesquisa do APERS

Deixe um comentário

    Dia 10 de novembro ocorreu o lançamento dos Anais da IX Mostra de Pesquisa do APERS na 57ª Feira do Livro de Porto Alegre.

    A Mostra de Pesquisa é promovida anualmente pelo APERS com o intuito de estimular a interação entre a comunidade pesquisadora e a pesquisa em fontes primárias arquivística.

    Durante o lançamento os autores autografaram a publicação e puderam interagir com o público.

    Aos interessados em adquirir a publicação, informamos que a mesma está disponível para venda no APERS pelo valor de R$ 15,00, e em breve estará disponível também em formato PDF no site do APERS.

    Confira as fotos do evento!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Participação do APERS no I Seminário do Centro de Memória Regional do Judiciário – 10 anos de história

Deixe um comentário


     Realizado pelo Instituto de Memória Histórica e Cultural da Universidade de Caxias do Sul, na semana de 7 a 11 de novembro, o I Seminário do Centro de Memória Regional do Judiciário, cujo objetivo foi conhecer e divulgar a produção historiográfica elaborada em todo o país a partir da utilização de fontes judiciais, contou com a participação de arquivistas do Arquivo Público do RS no dia 09 de novembro.

     As arquivistas Aline Maciel, Camila Couto e Maria Cristina Fernandes apresentaram as fontes documentais do Poder Judiciário sob custódia do APERS, bem como o trabalho de organização realizado pelas equipes de Descrição e de Gerenciamento do Acervo, e o trabalho da equipe de Pesquisa Histórica na realização de pesquisas, projetos e promoção de eventos sobre a temática.

     Estiveram presentes também, a servidora do Poder Judiciário, Anelda de Oliveira, apresentando o trabalho realizado pelo Arquivo do Tribunal de Justiça do Estado do RS e o professor Arno Wehling, presidente do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Este elogiou a publicação dos Catálogos Seletivos Documentos da Escravidão e a realização de atividades voltadas para Educação Patrimonial no APERS.

     Um dos objetivos do evento foi conhecer e divulgar a produção historiográfica produzida em todo o país a partir da utilização de fontes judiciais.

Acesse os Catálogos Seletivos Documentos da Escravidão nos links abaixo:

Documentos da Escravidão – Cartas de Liberdade Vol. 1

Documentos da Escravidão – Cartas de Liberdade Vol. 2

Documentos da Escravidão – Compra e Venda

Documentos da Escravidão – Inventários Vol. 1 e 2

Documentos da Escravidão – Inventários Vol. 3 e 4

Documentos da Escravidão – Processos Crimes

Documentos da Escravidão – Testamentos

Older Entries

%d blogueiros gostam disto: