APERS 106 anos!

Deixe um comentário

  Em comemoração aos 106 anos do APERS no mês de março teremos algumas publicações especiais em nosso Blog!

   A historiadora Vanessa Menezes pesquisou e selecionou em nosso acervo Institucional alguns casos interessantes sobre nossa instituição e nos contará todas as terças e quintas-feiras.

   A equipe do Divulga APERS coletou relatos de algumas pessoas que fazem parte da história do Arquivo. Veja as publicações e quem participou nas quartas-feiras.

   Também faremos uma Exposição Virtual com fotografias tiradas por quem trabalha na instituição. Assim, pretendemos mostrar um pouco do APERS a partir de nosso olhar! A exposição será lançada dia 05, próxima segunda-feira.

   Aguarde e confira!

   Abraços, Equipe Divulga APERS.

APERS Entrevista: Carmen Lucia Borges Teixeira Valenti

Deixe um comentário

Carmen Lucia Borges Teixeira Valenti, 47 anos, é arquivista da UFRGS desde 2008, onde trabalha no Arquivo Geral. Carmen concluiu sua graduação em Arquivologia pela UFRGS em 2005 e sua pós-graduação em Gestão em Arquivos pela UFSM em 2010. Foi estagiária e cargo em comissão no APERS de 2003 a 2007, onde atualmente desenvolve projeto voluntário. Saiba um pouco mais sobre Carmen:

Blog do APERS: Carmen, você realizou teu estágio de final de Curso de Graduação no APERS e depois para escrever tua monografia de Pós Graduação retornou a instituição, podes comentar um pouco sobre o desenvolvimento destes trabalhos?

Carmen: Comecei como estagiária no APERS em 2003, e em 2004 fui contratada em cargo de comissão, permanecendo na instituição até 2007. Durante esse período trabalhei com acervos do Poder Executivo e os dos Tabelionatos. Então, quando o Sistema AAP começou a ser implementado comecei a trabalhar na estruturação intelectual dos acervos no Sistema. Assim quando tive de fazer meu relatório de estágio, optei por descrever o passo a passo da implementação do Sistema. E ao começar minha pesquisa para a pós-graduação retornei a instituição para conversar com a equipe técnica sobre a possibilidade de desenvolver um trabalho com algum dos acervos custodiados.

Blog do APERS: Carmen, você poderia comentar um pouco sobre seu trabalho desenvolvido na Pós Graduação?

Carmen: Após conversar com a equipe do APERS e ter a autorização para realizar meu trabalho, optei por trabalhar com um acervo que fosse “pequeno” (240 caixas) para ter tempo hábil de concluir o projeto. No APERS a equipe se mostrou muito receptiva ao meu trabalho, disponibilizando local, material e assessoria técnica para o desenvolvimento do trabalho que envolveu a classificação, avaliação e higienização dos documentos sobre o Orçamento Participativo, além da discussão e análise da situação destes documentos.

Blog do APERS: Como ocorreu a escolha de realizar “Um estudo nos Documentos do Orçamento Participativo do RS”?

Carmen: Escolhi esse acervo como objeto de pesquisa por ele ter sido recolhido ao APERS sem ter passado por nenhum tratamento prévio, e por ter condições de ser analisado quanto a sua formação.

Blog do APERS: E qual foi à colaboração do APERS para a tua pesquisa?

Carmen: Além de oportunizar a pesquisa, tive auxílio da equipe para treinamento quanto à aplicação do plano de classificação e da tabela de temporalidade documental, e continua assessoria.

Blog do APERS: Qual a tua dica para os estudantes de arquivologia que estão começando a pesquisar, a desenvolver estágios e trabalhos de conclusão de cursos?

Carmen: Definir primeiro o foco da pesquisa, pois normalmente as pessoas querem pesquisar, mas não sabem o que. E quando tiver interesse em desenvolver uma pesquisa aplicada, conversar com quem trabalha na instituição, para poder desenvolver um trabalho onde o pesquisador e a instituição sejam beneficiados.

Blog do APERS: Nas tuas horas vagas, quando não estás pesquisando, quais são os teus hobbies ou tuas atividades preferidas de lazer?

Carmen: Gosto de ler e ver filmes de ficção, romance, aventura ou que tenham em sua temática o Egito! Também gosto de montar quebra-cabeças, já tenho dez montados. Depois que termino de montar, mando colocar em uma moldura!

Para quem tiver interesse em ler os trabalhos que Carmem desenvolveu, eles estão disponíveis em nossa biblioteca de apoio da Sala de Pesquisa.

Sábados de funcionamento da Sala de Pesquisa do APERS – mês de março

Deixe um comentário

   Para melhor atender aos seus pesquisadores, a Sala de Pesquisa do APERS abre dois sábados por mês, das 9 às 14 horas, mediante solicitação prévia da documentação.

   No mês de março, a Sala de Pesquisa abrirá nos sábados 24 e 31.

  Os pesquisadores interessados em realizar suas pesquisas podem solicitar previamente os documentos no balcão de atendimento presencial ou por email (saladepesquisa@sarh.rs.gov.br), telefone (51 3288 9104) ou, ainda através do Balcão Virtual.

   Agende sua pesquisa!

Visitas guiadas ao APERS – Fevereiro 2012

Deixe um comentário

   No mês de fevereiro foram realizadas seis visitas guiadas pelo conjunto arquitetônico do APERS. Visitaram nossa instituição:

Dia 1°: Daniele Xarão e João Gomes. Os visitantes ficaram satisfeitos e entusiasmados com a proposta do APERS no que concerne ao fornecimento gratuito de certidões e, sobretudo com a inclusão dos documentos no Sistema AAP.

Dia 06: Geraldo de Menezes, Rosandra André e Maria do Carmo Aguilar, estudantes em intercâmbio do Curso de História da UFRGS e a Universidade Agostinho Neto, em Angola, e Lizane Scheibler.

Dia 14: Marcos Vinícius Da Silva, Camila Lima e Willian Vieira.

Dia 15: Cristiele de Melo e Lucia Rodrigues.

Dia 23: Mauro Dockhorn, doutorando em História e Instituições Econômicas na Universidade de Barcelona. O visitante destacou que ficou surpreso que no Brasil ou em Porto Alegre tenha um espaço dedicado à preservação da história dos gaúchos e do Estado.

Dia 28: Carine Bastos, Lucinara Vasconcelos, Raphael Mello, Daniel Baptista e Lucas Goulart. A arquivista Carine comentou que havia realizado visita ao APERS quando estava na graduação, mas, agora já formada e atuando profissionalmente, teve outro olhar sobre os acervos, destacando que a imponência da construção é fascinante.

Guias: Elizabeth de Lima e Gerson Costa.

  Agende você também a sua visita! Contato: visitas@sarh.rs.gov.br ou (51)3288-9113.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Participe das comemorações aos 106 anos do APERS!

1 Comentário

ATIVIDADES APERS: Gerenciamento de Acervos

Deixe um comentário

    O principal objetivo da equipe que trabalha com Gerenciamento é manter o arranjo de acordo com classificação efetuada em fase corrente, de forma que a disposição física do acervo reflita a estrutura dos órgãos que mantêm seus arquivos custodiados pelo APERS.

   Para tanto, pesquisa-se estrutura e datas-limites de cada fundo e suas relações, e define-se melhor forma de acondicioná-los, facilitando assim, pesquisa posterior.

    Atualmente, essas são as principais atividades desenvolvidas pela equipe:

  • reorganização do acervo do Poder Judiciário, projeto que visa restabelecer a ordem original dos fundos, ou seja, das comarcas do RS recolhidas ao APERS;
  • definição de Quadro de Arranjo para o Poder Executivo;
  • organização do acervo da extinta Companhia Intermunicipal de Estradas Alimentadoras – CINTEA
  • orientação, acompanhamento e conferência de recolhimentos realizados pelos órgãos da Administração Direta Estadual.

    Conheça a equipe responsável por esta atividade e veja imagem do trabalho executado!

Aline Maciel

Cintia Ota

Prática de Organização Poder Judiciário

Carnaval no APERS

1 Comentário

     É Carnaval! Por isso procuramos relacionar este feriado com o Arquivo Público do RS. Assim verificamos que na VI Mostra de Pesquisa do APERS foi publicado um artigo resultante da pesquisa em dois processos-crime ocorridos no carnaval em Porto Alegre, no século XIX. Nessa época existiam na cidade várias sociedades carnavalescas, como a Esmeralda Porto-Alegrense, Germânia, Congos e Os Venezianos que promoviam os bailes à fantasia.

     Para entender sobre estes dois processos de meados de 1880, confira na íntegra o artigo de Caroline P. Leal: “O carnaval através dos processos-crime: ácidos e facadas nos festejos momescos do final do Império”.

     A fim de expor a riqueza dos processos, fotografamos algumas páginas que narram as ocorrências tanto pelas vítimas quando acusados e também alguns recortes de jornais da época que ilustram os fatos. (Clique na imagem para expandi-la).

     Lembramos que neste ano ocorre a X Mostra de Pesquisa do APERS, saiba como participar.

A Esmeralda em aguaceiro

A Sociedade Germânia

Charge

————————————————————————————

Uma infamia

Os limões de ácido sulphúrico

Processos-crime pesquisados no Acervo do APERS

—————————————————————————–

Processo Marçal Nunes Garcia – Denúncia

Processo Marçal Nunes Garcia – Sentença final

Processo Irmãos Gertum – Depoimento das vítimas

Processo Irmãos Gertum – Depoimento dos acusados

Older Entries

%d blogueiros gostam disto: