Carmen Lucia Borges Teixeira Valenti, 47 anos, é arquivista da UFRGS desde 2008, onde trabalha no Arquivo Geral. Carmen concluiu sua graduação em Arquivologia pela UFRGS em 2005 e sua pós-graduação em Gestão em Arquivos pela UFSM em 2010. Foi estagiária e cargo em comissão no APERS de 2003 a 2007, onde atualmente desenvolve projeto voluntário. Saiba um pouco mais sobre Carmen:

Blog do APERS: Carmen, você realizou teu estágio de final de Curso de Graduação no APERS e depois para escrever tua monografia de Pós Graduação retornou a instituição, podes comentar um pouco sobre o desenvolvimento destes trabalhos?

Carmen: Comecei como estagiária no APERS em 2003, e em 2004 fui contratada em cargo de comissão, permanecendo na instituição até 2007. Durante esse período trabalhei com acervos do Poder Executivo e os dos Tabelionatos. Então, quando o Sistema AAP começou a ser implementado comecei a trabalhar na estruturação intelectual dos acervos no Sistema. Assim quando tive de fazer meu relatório de estágio, optei por descrever o passo a passo da implementação do Sistema. E ao começar minha pesquisa para a pós-graduação retornei a instituição para conversar com a equipe técnica sobre a possibilidade de desenvolver um trabalho com algum dos acervos custodiados.

Blog do APERS: Carmen, você poderia comentar um pouco sobre seu trabalho desenvolvido na Pós Graduação?

Carmen: Após conversar com a equipe do APERS e ter a autorização para realizar meu trabalho, optei por trabalhar com um acervo que fosse “pequeno” (240 caixas) para ter tempo hábil de concluir o projeto. No APERS a equipe se mostrou muito receptiva ao meu trabalho, disponibilizando local, material e assessoria técnica para o desenvolvimento do trabalho que envolveu a classificação, avaliação e higienização dos documentos sobre o Orçamento Participativo, além da discussão e análise da situação destes documentos.

Blog do APERS: Como ocorreu a escolha de realizar “Um estudo nos Documentos do Orçamento Participativo do RS”?

Carmen: Escolhi esse acervo como objeto de pesquisa por ele ter sido recolhido ao APERS sem ter passado por nenhum tratamento prévio, e por ter condições de ser analisado quanto a sua formação.

Blog do APERS: E qual foi à colaboração do APERS para a tua pesquisa?

Carmen: Além de oportunizar a pesquisa, tive auxílio da equipe para treinamento quanto à aplicação do plano de classificação e da tabela de temporalidade documental, e continua assessoria.

Blog do APERS: Qual a tua dica para os estudantes de arquivologia que estão começando a pesquisar, a desenvolver estágios e trabalhos de conclusão de cursos?

Carmen: Definir primeiro o foco da pesquisa, pois normalmente as pessoas querem pesquisar, mas não sabem o que. E quando tiver interesse em desenvolver uma pesquisa aplicada, conversar com quem trabalha na instituição, para poder desenvolver um trabalho onde o pesquisador e a instituição sejam beneficiados.

Blog do APERS: Nas tuas horas vagas, quando não estás pesquisando, quais são os teus hobbies ou tuas atividades preferidas de lazer?

Carmen: Gosto de ler e ver filmes de ficção, romance, aventura ou que tenham em sua temática o Egito! Também gosto de montar quebra-cabeças, já tenho dez montados. Depois que termino de montar, mando colocar em uma moldura!

Para quem tiver interesse em ler os trabalhos que Carmem desenvolveu, eles estão disponíveis em nossa biblioteca de apoio da Sala de Pesquisa.