Em 1997 o Arquivo Público do RS, no momento em que projetava o quadro de arranjo da sua documentação, a definição dos Fundos da instituição e a partir de uma demanda instituída pelo Sistema de Arquivos do RS (SIARQ/RS), produziu uma série de estudos sobre a Organização Estrutural do Poder Executivo do Estado do Rio Grande do Sul.

     A proposta do trabalho era investigar o porquê da criação de cada tipo de documento oficial, bem como a função que ele desempenha, conhecendo as competências da cada unidade ou órgão administrativo e consequentemente a estrutura administrativa do Estado.

     Para tanto a equipe do APERS descreveu a Organização Administrativa do Poder Executivo gaúcho a partir do Governo de Walter Peracchi Barcelos (1967 a 1971), o primeiro a buscar uma padronização dos mecanismos de planejamento, coordenação e controle, estendendo-se até o Governo de Alceu Collares (1991 a 1994).

    O estudo está dividido em sete livros que foram elaborados proporcionando informações detalhadas sobre estrutura administrativa de cada gestão e apresentam uma introdução que descreve a conjuntura destes governos relacionando-os com o contexto da política nacional, com o período marcado pelo golpe executado por militares em 1964 quando se instaurou a ditadura no país.

     A partir de 1966 novos padrões foram estabelecidos através do Ato Institucional nº 3, que dentre outras alterações, determinou-se a eleição indireta dos Governadores. Foi neste período que se instauraram no Estado os mandatos de Walter Perachi (1967-1971), Euclides Triches (1971-1975), Synval Guazelli (1975-1979) e José Augusto Amaral de Souza (1979-1982).  Jair de Oliveira Soares foi o primeiro governador eleito pelo voto popular e governou de 1983 a 1987. Seu sucessor foi Pedro Jorge Simon que comandou o Estado de 1987 a 1991. Numa eleição realizada em dois turnos, Alceu de Deus Collares foi vitorioso permanecendo no comando do Estado de 1991 a 1994. Em cada volume são fornecidos dados bibliográficos do governador bem como sua trajetória política.

APERS - Colecao 7 governos     Por fim é descrita a Estrutura Organizacional do Poder Executivo de cada gestão incluindo a Administração Direta, composta pela governadoria do Estado e Secretarias de Estado, a Administração Indireta suas autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista, de forma a apresentar suas particularidades. Completa o trabalho um organograma que demonstra a estrutura organizacional do governo em questão.

NOTA: Ressalta-se que, em 2006, o APERS publicou um livro com informações mais amplas sobre o assunto: “Fontes para a História Administrativa do Rio Grande do Sul: a trajetória das Secretarias 1890 – 2005”.