Boas Festas & Feliz 2014!

Deixe um comentário

Cartao fim ano APERS 2014

 

Anais da II Jornada de Estudos sobre Ditaduras e Direitos Humanos

Deixe um comentário

2013.12.24 Anais Jornada

  Na última sexta-feira, dia 20, publicamos em nosso site institucional os anais da II Jornada de Estudos sobre Ditaduras e Direitos Humanos. O evento foi realizado em abril de 2013 pelo Arquivo Público, o Departamento e o PPG em História da UFRGS, e a Associação dos Amigos do APERS, contando com cerca de 50 comunicações, mesas de debate e atividade musical.

  Em um ano que marcou as quatro décadas dos golpes militares no Chile e no Uruguai, em um contexto de Ditaduras de Segurança Nacional no Cone Sul, os anais são lançados com o subtítulo “Há 40 anos dos golpes no Chile e no Uruguai” como uma forma de marcar esse momento e registrar as reflexões realizadas ao longo do evento. Percebemos essa publicação como mais uma importante contribuição ao debate e ao conhecimento de nossa história ditatorial recente, para que não se esqueça e nunca mais aconteça!

  Para acessar em formato .pdf clique aqui e para visualizar através da plataforma Issuu clique aqui.  Boa leitura a todos!

Resultados do Projeto Documentos da Escravidão – Preservação das Cartas de Liberdade

Deixe um comentário

2013.09.11 Projeto Docs Escr Banner     O Arquivo Público do RS (APERS) e a Associação de Amigos do APERS (AAAP-RS) promoveram, no dia 19 de novembro, a apresentação dos resultados do Projeto Documentos da Escravidão – Preservação das Cartas de Liberdade.

    Deste projeto resultou a digitalização de 30 mil cartas de liberdade referentes ao período da escravidão no RS – de 1763 a 1888, que se encontram arquivados no APERS. Este material está disponibilizado via sistema de Administração de Acervos Público (AAP) no portal institucional, permitindo o acesso às imagens através da internet, pelo http://www.apers.rs.gov.br.

     A mesa de abertura foi composta pela presidente da AAAP-RS, Clara Kurtz, e pela diretora do APERS, Isabel Almeida, as quais enfatizaram a importância de tal iniciativa para ampliar o acesso ao patrimônio documental salvaguardado no Arquivo.

     Em seguida a arquivista Aerta Grazzioli Moscon, coordenadora do projeto, explanou sobre o mesmo, demonstrou como pesquisar e acessar as cartas de liberdade através do portal do APERS.

     O evento teve ainda a participação de Thiago Araújo, doutorando em História Social Cecult/Unicamp e pesquisador do APERS com a comunicação “Reflexões sobre o uso das cartas de liberdade na pesquisa histórica”.

     Ao final os presentes foram convidados a participar do coquetel de encerramento.

Funcionamento do APERS nos dias 24 e 31 de dezembro

Deixe um comentário

Funcionamento apers

Palestra: A luta dos negros em relação aos direitos humanos e as desigualdades

Deixe um comentário

  No dia 19, próxima quinta-feira, às 10hs, o APERS sediará a palestra A luta dos negros em relação aos direitos humanos e as desigualdades, promovida pela Cia Carris Porto-alegrense, por intermédio de sua Unidade de Documentação e Memória.

  A palestra ocorrerá no auditório do APERS e terá a interlocução da historiadora Lorecinda Ferreira Abrão, acerca da luta dos negros em relação aos Direitos Humanos e as Desigualdades.

  Além disso, está no APERS a exposição VIDHAS: história de lutas e conquistas dos negros pelos Direitos Humanos. A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira na sede do APERS, rua Riachuelo, n° 1031, das 8h30min às 17h.

  O evento é aberto ao público, participe!

Convite Evento Documentos da Escravidão – Preservação das Cartas de Liberdade

Deixe um comentário

2013.12.11 Convite Lançamento Cartas Liberdade

APERS recebe aula pública de encerramento do Seminário de Ensino de História/UFRGS

Deixe um comentário

 No dia 14/12, próximo sábado, o Arquivo Público sediará a aula pública Ensino de História e Ditadura, atividade de encerramento do Seminário de Ensino de História: Teoria e Prática, organizada também para debater e celebrar o Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 de dezembro. A ação foi organizada pelo professor titular da disciplina, Enrique Serra Padrós, e contará com palestras e depoimentos.

 Além dos alunos da disciplina, servidores do APERS e comunidade em geral interessada na temática poderão participar. A entrada é franca. Informações: (51)3288-9117

  Programação:

2013.12.11 Aula Pública História e Ditadura

Aplicando a Lei 10.639: as matrizes africanas do RS expressas no “Grande Tambor”

Deixe um comentário

 

     Nos dias 03 e 04 dezembro realizamos no APERS, em parceria com o Coletivo Catarse, o Cine Debate Rio Grande do Sul de Matrizes Africanas, evento em que assistimos e debatemos com Sérgio Valentim e Eugênio Alencar, mais conhecido como Mestre Paraquedas, os documentários O Grande Tambor” e “Batuque Gaúcho: as nações dos orixás”, este tendo sua primeira exibição pública nesse dia. A atividade foi excelente, com intenso grau de participação no debate, demonstrando o grande interesse do público por espaços abertos em que possamos obter conhecimento e refletir a respeito de nossa relação com a África, de nosso passado escravista e de luta contra a escravidão, dos legados desse processo histórico, da contribuição técnica, econômica e cultural dos negros para a construção da sociedade brasileira, e de como se apropriar de tudo isso na atualidade. Agradecemos a todas e todos que participaram do evento, sempre com o compromisso de seguir desenvolvendo ações nessa área!

     Compartilhamos aqui dois pequenos vídeos produzidos ao longo da atividade. No primeiro, emocione-se com parte da fala do Mestre Paraquedas, comentando a presença de diversas etnias africanas no Rio Grande do Sul e a história do “grande tambor”. No segundo, assista um pequeno trecho do documentário Batuque Gaúcho, que nos traz empolgação para acompanhar seu lançamento na TV Brasil, em 2014:

     Mas hoje, além de destacar a qualidade da atividade realizada, gostaríamos de destacar a qualidade e a importância do trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Coletivo Catarse na busca por registrar a cultura negra e o patrimônio imaterial que se manifesta no estado do Rio Grande do Sul, mas que certamente é patrimônio de todos nós, brasileiros. Os dois documentários criados e apresentados pelo Coletivo nesse Cine Debate foram produzidos a partir de sólida pesquisa de campo, histórica, antropológica e etnográfica, inclusive consultando documentos do Arquivo Público, resultando em documentos interessantíssimos para conhecimento geral, mas especialmente para o trabalho nas escolas, difundindo a centralidade e a profundidade das matrizes africanas em nossa sociedade.

     Nesse sentido, como o segundo documentário apresentado não foi oficialmente lançado e ainda não está disponível na internet, gostaríamos de indicar o download do documentário O Grande Tambor, que está disponível na íntegra, tanto no site do Catarse quanto diretamente no YouTube. O documentário apresenta a história do tambor de sopapo, utilizado por séculos apenas no Rio Grande do Sul, especialmente nas regiões charqueadoras do estado, como Pelotas e Rio Grande. A partir dessa história é possível compreender a importância e os usos dos tambores nas diferentes manifestações culturais e religiosas afro-brasileiras, e fazer uma viagem no tempo, conduzida pelo sopapo, conhecendo mais a respeito da história, da luta e da riqueza cultural do povo negro sul riograndense.

Link para o documentário: http://coletivocatarse.com.br/home/o-grande-tambor-4/

Servidora do APERS recebe Diploma “Integração Polícia Civil – Comunidade”

1 Comentário

    Na tarde do dia 03 de dezembro a arquivista Maria Cristina Kneipp Fernandes foi agraciada com o Diploma “Integração Polícia Civil – Comunidade”, conferido pelo Chefe da Polícia Civil, em reconhecimento ao apelo que tem prestado à Polícia Civil.

2013.12.04 Diploma PC Maria Cristina   Este é um reconhecimento proposto pela Corregedoria Geral da Polícia Civil – COGEPOL a toda equipe do Arquivo Público do RS que contribui com as atividades de Gestão Documental no âmbito da Polícia Civil.

    Esperamos que tal parceria traga sempre melhores práticas, para alcançarmos maior eficácia na preservação do patrimônio documental do Estado.

Na imagem: Maria Cristina, a Comissária Maria Cleci Mallet e a Delegada Rosana Maria de Andrade.

Exposição “VIDHAS: histórias de lutas e conquistas dos negros pelos Direitos Humanos” é prorrogada!

Deixe um comentário

2013.11.04 Exposicao VIDHAS - Prorrogacao     O Arquivo Público do RS e a Companhia Carris Porto-Alegrense decidem prorrogar o período da exposição VIDHAS: histórias de lutas e conquistas dos negros pelos Direitos Humanos. A mostra ficará no APERS até o dia 20 de dezembro.

     A exposição itinerante, idealizada pela Carris, é composta por banners, que abarcam a constituição dos Direitos Humanos sobre o ponto de vista de um grupo étnico específico: os negros. Iniciando com os eventos mundiais no que conhecemos como iniciadores dos Direitos Humanos, como a declaração de 1948, passamos por figuras como Martin Luther King até chegar ao Brasil, abrangendo a história da escravidão, a formação de quilombos e a história das lutas dos negros na Capital do Estado.

    A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira na sede do APERS, rua Riachuelo, n° 1031, das 8h30min às 17hs.

Arquivo Público participa de mais uma edição do projeto Os Caminhos da Matriz

Deixe um comentário

2013.12.04 Caminhos da Matriz b    No último sábado, dia 30 de novembro, o APERS abriu suas portas para mais uma visita mediada promovida a partir do Projeto Os Caminhos da Matriz, no roteiro que inclui visitas ao Solar dos Câmara e ao Museu Júlio de Castilhos.

     Em um belo sábado de sol, após breve histórico sobre a Praça da Matriz apresentado pelo historiador Rafael Pereira, da Assembleia Legislativa, a historiadora Clarissa Sommer e a arquivista Rosemeri Iensen tiveram a alegria de conduzir o grupo ao Arquivo Público através de sua entrada pela escadaria que o liga à Praça, apresentando a instituição para 11 visitantes muito participativos e animados.

     As servidoras contaram um pouco sobre história do APERS, abordaram seus processos de gestão dos documentos, assim como as atividades de difusão cultural e educativa desenvolvidas na instituição. Logo após esta visita os participantes foram encaminhados para o Solar dos Câmara e em seguida ao Museu Júlio de Castilhos.

2013.12.04 Caminhos da Matriz a     Essa foi a última edição do Caminhos da Matriz no ano de 2013. Agradecemos a todos e todas que participaram do projeto! Esperamos ter alcançado as expectativas de nossos visitantes, reforçando que estamos sempre abertos para recebê-los. Desejamos um final de ano feliz a cada um. Nos vemos em 2014!

Treinamento de combate a incêndio no APERS

Deixe um comentário

     Integrando as ações preventivas desenvolvidas pela Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos do Estado (SARH), no dia 29 de novembro o Coronel Roget Kopczynski da Rosa, representando o Grupo de Trabalho de Prevenção e Combate a Incêndios, realizou palestra e treinamento de combate a incêndios para os servidores do Arquivo Público do RS, capacitando os participantes para a prevenção e combate a princípio de incêndio. O treinamento contou com atividades práticas onde foram utilizados extintores de incêndio e mangueiras, permitindo assim o manuseio de equipamentos básicos de combate ao fogo.

    A SARH, no intuito de cumprir a legislação vigente na implantação Plano de Prevenção e Combate a Incêndio (PPCI) no prédio Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF), e demais departamentos vinculados a Secretaria, realiza mensalmente ações previstas no PPCI, envolvendo todos os brigadistas, com o objetivo de prepará-los para o enfrentamento de uma situação de emergência.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sábados de funcionamento da Sala de Pesquisa do APERS – Dezembro

Deixe um comentário

Para melhor atender aos seus pesquisadores, a Sala de Pesquisa do APERS abre dois sábados por mês, das 9 às 14 horas, mediante solicitação prévia da documentação.

No mês de dezembro a Sala de Pesquisa abrirá nos sábados 07 e 14.

Em novembro foram atendidos 07 pesquisadores.

Os pesquisadores interessados em realizar suas pesquisas podem solicitar previamente os documentos no balcão de atendimento presencial ou por email (saladepesquisa@sarh.rs.gov.br), telefone (51 3288 9104) ou, ainda, através do Balcão Virtual.

Agende sua pesquisa!

APERS em Números – Novembro

Deixe um comentário

Confira alguns dados referentes aos serviços realizados no APERS durante o mês de novembro:

Atendimentos aos usuários: 1.274

Busca e rearquivamento: 2097

Documentos recuperados: 144

Encaixamento: 110

Indexação Sistema AAP: 2.359

Oficinas de educação patrimonial: 07

Reprodução de documentos: 988

Visitas guiadas: 06

Veja abaixo gráfico com os quantitativos diários de atendimento aos usuários referente ao mês de novembro:

2013.12.04 APERS em Numeros - NovembroSaiba mais sobre os serviços que o APERS presta a comunidade.

Visitas guiadas ao APERS – Novembro

1 Comentário

No mês de novembro foram realizadas 06 visitas guiadas ao conjunto arquitetônico do Arquivo Público do RS. Visitaram nossa instituição:

Dia 06: 18 alunos do Curso Profissionalizante Jovem Aprendiz da ESPRO, acompanhados pelas professoras Ana Paula Madruga e Fabiane Silveira.

Dia 06: 12 alunos da Escola Indígena de Ensino Fundamental Karaí, acompanhados pelo professor Daniel Santos, que ministra a disciplina de História.

Dia 12: Paulo Fernando da Silva Mitidieri, da Brigada Militar de Alegrete, interessado na história das famílias italianas.

Dia 12: Alexandre Rambor Corrales do Curso de Cinema – Cena 1 – que funciona nas dependências do Museu José Hipólito da Costa.

Dia 14: 03 alunos do 1° semestre do Curso de Biblioteconomia da UFRGS. A visita estava relacionada à disciplina de Introdução às ciências da Informação, ministrada pela professora Helen Rozados.

Dia 30: 23 alunos entre o 4° e o 8° semestre do Curso de História da UFPEL, acompanhados pela professora Ana Inez Klein.

Guias: Iara Gomide Machado, José Gonçalves de Araújo e Maria Lúcia Ricardo Souto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Oficinas de Educação Patrimonial – Novembro

Deixe um comentário

Confira as escolas que participaram das Oficinas de Educação Patrimonial oferecidas pelo APERS durante o mês de novembro:

Dia 06: participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” os alunos da turma B31 da Escola Municipal de Ensino Fundamental Rincão, acompanhados pela professora Sheila Lima.

Dia 13: os alunos da turma TC2 da Escola Estadual de Ensino Fundamental Antão de Farias participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados da professora Rosilene dos Santos.

Dia 13: os alunos das turmas 72 e 82 do Instituto Estadual de Educação Olívio Lahm Hert participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela Flávia Corso.

Dia 19: os alunos do 6º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Gonçalves Dias participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo”, acompanhados da professora Daniela Soares.

Dia 19: os alunos do 7º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental João Paulo I participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo”, acompanhados da professora Daniela Soares.

Dia 21: os alunos do 2º ano da Escola Técnica Estadual Senador Ernesto Dornelles participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos”, acompanhados do professor Antônio Antunes da Cunha Neto.

Dia 25: os alunos do 3° Ano Integrado do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense (IFSul) – Campos Restinga participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos”, acompanhados da professora Claudira Cardoso.

Confira abaixo algumas fotos das oficinas! Os álbuns completos podem ser visualizados em nossa página no Facebook, para acessar clique aqui.

Para saber mais sobre nossas oficinas clique aqui.

APERS no XII Fórum FAPA

1 Comentário

Forum FAPA Alexandre e Vanessa     No dia 23 de novembro a historiadora Vanessa Menezes e o estagiário Alexandre Avila apresentaram-se no “XII Fórum FAPA – Conhecimento: movendo o mundo” promovido pela Faculdade Porto-Alegrense, com o trabalho: A experiência da equipe de Educação Patrimonial do Arquivo Publico do RS na elaboração da oficina “Resistência em Arquivo: patrimônio, ditadura e direitos humanos”.

     O trabalho consistiu na amostragem de como foi construída, ao longo do ano, a primeira oficina de educação patrimonial voltada para o ensino médio, no APERS, falando sobre os processos que foram escolhidos, a metodologia empregada e os resultados, com fotos dos alunos participando da atividade. A equipe e a oficina foram muito elogiados, pois alguns dos integrantes da mesa avaliadora já haviam trazido seus alunos para as oficinas de ensino fundamental.

     Esperamos estar presentes em outros eventos na instituição para assim difundir o nome do Arquivo Publico do Estado do RS.

%d blogueiros gostam disto: