Programação “Os Caminhos da Matriz” 2014

Deixe um comentário

     O projeto busca aproximar a população do patrimônio histórico e cultural da cidade de Porto Alegre, realizando visitas guiadas aos prédios histórico-institucionais que circundam a Praça da Matriz, no centro da capital. São realizadas edições mensais do projeto no último sábado do mês, alternando-se mensalmente entre dois roteiros. A participação é gratuita e não necessita agendamento prévio.

     Neste sábado, dia 29, será oferecido o Roteiro 1, que inclui a participação do APERS. Confira a programação completa para 2014. Participe!

2014.03.26 Os Caminhos da Matriz 2014

Anúncios

Arquivos & conceitos: Classificação dos documentos

3 Comentários

2014.03.26 Arquivos e conceitos - Classificação

     Os documentos de arquivo podem ser classificados em diferentes categorias, de acordo com suas características. Baseando-se nelas, podemos classificá-los quanto ao: gênero, espécie, tipologia, natureza do assunto, forma, e formato.

  • Gênero: refere-se à maneira de representar o documento de acordo com o seu suporte. Assim, os documentos podem ser textuais (quando a informação está escrita), cartográficos (quando o documento representa uma área maior, como em plantas e mapas), iconográfico (quando o documento possui a informação em forma de imagem estática, como em fotografias, partituras, e cartazes), filmográficos (quando a informação está representada em forma de imagem em movimento, como em filmes), sonoros (quando a informação está registrada em forma fonográfica, como em discos, e CDs), micrográficos (quando o documento possui a informação registrada em microforma, como em microfilmes e microfichas) e informáticos ou digitais (quando o documento está gravado em meio digital e, por isso, necessita de equipamentos eletrônicos para serem lidos, como um documento em .doc ou .pdf).
  • Espécie: espécie é a definição a partir da disposição e da natureza das informações, são exemplos: Ata, Contrato, Decreto, Ofício, Certidão…
  • Tipologia: tipologia documental é a configuração que assume a espécie de acordo com a atividade que a gerou, por exemplo: Ata de reunião, Contrato de prestação de serviço, Certidão de nascimento…
  • Natureza do assunto: esta classificação informa se a natureza do assunto tratado no documento prejudica a administração ou não quando divulgado. Se sua divulgação não acarreta prejuízo se diz que o documento é “ostensivo” e quando prejudica alguém ele é “sigiloso” e tem restrições de acesso.
  • Forma: refere-se ao estágio de preparação do documento, se ele é pré-original, original, ou pós-original. Simplificando: se o documento é rascunho (quando estamos o elaborando e podemos alterá-lo) ou minuta (quando para torná-lo ‘oficial’ faltam apenas os sinais de validação, como a assinatura) dizemos que ele é um pré-original e quando se configura em uma cópia idêntica ao original chamamos de porta-original.
  • Formato: é determinado de acordo com as características físicas e técnicas de registros com que se apresenta o documento. São exemplos de formatos: livros, fichas, caderno e pergaminho.

     Bom, hoje tentamos informar de maneira resumida as diversas formas que temos para categorizar os documentos a partir de suas características. Claro, poderíamos elaborar um post sobre cada item, mas como aqui temos a pretensão de informar nosso público leigo, preferimos fazer assim, de uma forma mais resumida. Então, convidamos os arquivistas e demais iniciados na área a comentar de forma mais profunda tais conceitos! Vamos lá, participe!

Participação do APERS no “Viva o Centro a Pé”

Deixe um comentário

2014-03-26-apers-no-viva-o-centro-a-pe     No último sábado, dia 22, cerca de 35 pessoas participaram da Caminhada Orientada “Viva o Centro a Pé”, na qual o Arquivo Público do RS fez parte do roteiro. O evento foi realizado com audiodescrição, o que permitiu às pessoas com deficiência visual conhecerem, por intermédio de descrições detalhadas, a forma, a disposição e as características arquitetônicas dos prédios que integram o conjunto arquitetônico do APERS, bem como a sua relação com o contexto histórico refletido nessas construções.

     A recepção aos visitantes, no APERS, foi feita pelas servidoras Maria Lúcia Ricardo Souto e Iara Gomide Machado, as quais discorreram acerca das atividades desenvolvidas pelo APERS, dentre elas Preservação Documental e Sistema de Arquivos do Estado do RS (SIARQ/RS). Além disso, os visitantes tiveram a oportunidade de prestigiar a Exposição fotográfica “Olhares”, que se encontra na Sala Joel Abílio Pinto dos Santos.

     Por fim, é sempre muito gratificante ao APERS poder participar deste evento, pois é uma oportunidade de interagir com a comunidade, difundir a instituição e o respectivo acervo, promovendo o acesso à informação e à cultura.

     Confira abaixo a reprodução de algumas fotos do evento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Participação da Direção do APERS em eventos externos

Deixe um comentário

     A diretora Isabel Oliveira Perna Almeida participou, nos dias 19 e 20 deste mês, das reuniões plenárias do Conselho Nacional de Arquivos – CONARQ, na cidade do Rio de Janeiro. Reuniões cuja pauta principal girou em torno da consolidação do texto do Projeto de Lei aprovado em dezembro, relativo às mudanças na Lei n° 8.159/91.

     E dia 21 participou da audiência pública realizada pela Comissão Estadual da Verdade do RS e a Ordem dos Advogados do Brasil – Secção do RS, por meio da sua Comissão de Direitos Humanos “Sobral Pinto”, cujo tema principal foi “Advogados Gaúchos na Defesa da Cidadania.”

Arquivos & Genealogia: organizando as informações

Deixe um comentário

     Agora que já temos os ingredientes e já definimos a receita, vamos começar a organizar os dados: sempre comece por você mesmo, aí então vá para seus pais, seus avós, bisavós, e assim por diante…

     Se você pretende levar sua pesquisa bem longe, talvez se tornar expert na “cozinha”, aconselho a escolher um programa para organizar os dados que for encontrando, este será o seu Livro de Receitas.

     Há vários programas disponíveis na internet, entre eles:

2014.03.19 Arquivos e Genealogia MH

My Heritage – página inicial

   Cada programa tem suas particularidades e talvez deva verificar vários antes de escolher aquele que melhor atende às suas expectativas. À medida que for registrando os dados nunca esqueça de citar a fonte, esta informação dará legitimidade à sua pesquisa e o ajudará a encontrar novamente a informação depois de algum tempo. Se você optar pelo uso da Árvore Familiar poderá baixar o link direto!

     A ordem sugerida de tipologias documentais para iniciar sua pesquisa é: Registros Civis, Habilitações para Casamento, Inventários e Testamentos e por fim, outros tipo de registros. Através da Consulta OnLine de Documentos, no site do APERS, é possível pesquisar por nomes, sobrenomes e datas, gerando um índice de documentos.

2014.03.19 Arquivos e Genealogia HC

Habilitação de Casamento

2014.03.19 Arquivos e Genealogia RC

Registro Civil

.

    No próximo mês vamos começar a analisar como tirar proveito de cada um destes documentos para sua pesquisa genealógica!

     Para ler os artigos anteriores clique aqui.

AAAP convida: Oficina “Documento: Paleografia, Diplomática e Preservação”

Deixe um comentário

2014.03.19 AAAP Curso Paleografia

Para acessar o programa da Oficina, clique aqui.

Blog Resistência em Arquivo – Venha ser autor junto com o APERS!

Deixe um comentário

   Desde o mês de novembro do ano passado, o Arquivo Público construiu um blog temático chamado Resistência em Arquivo – Memória e História da Ditadura (acesse aqui), no qual o APERS pudesse trocar conteúdos e informações com a comunidade envolvida em torno das temáticas da Ditadura Militar e dos Direitos Humanos.

  Agora queremos convidar vocês, alunos e professores que participam da Oficina de Educação Patrimonial Resistência em Arquivo, professores, alunos, pesquisadores, ativistas e militantes que se interessam pelo tema, que participam dos diversos eventos promovidos pelo Arquivo em suas múltiplas parcerias, para conhecerem o Blog e para participarem da elaboração de seus conteúdos.

2014.03.19 Blog Resistência em Arquivo

Older Entries

%d blogueiros gostam disto: