No sexto texto a respeito de ações educativas em arquivo, vamos apresentar mais um trabalho desenvolvido por um arquivo público municipal. Na segunda postagem, apresentamos as atividades desenvolvidas pelo Arquivo Histórico Moysés Vellinho de Porto Alegre. Dessa vez, vamos escrever sobre o serviço educativo do Arquivo Histórico de São Paulo.

O Arquivo Histórico de São Paulo (AHSP) é o departamento responsável por preservar a memória da administração pública estadual, assegurando o recolhimento, a organização, o acesso pleno aos documentos públicos por ele custodiado (documentos que datam do século XVI), de forma a garantir os direitos do cidadão, a subsidiar as decisões da administração e a incentivar a produção de conhecimento científico e cultural.

Conforme informações divulgadas pelo AHSP, não há uma data que precise a criação da Instituição. De qualquer forma, tem-se o registro de que em 1907, com a criação de uma Seção na Secretaria Geral, surge a responsabilidade pelos serviços de instrução pública, estatística e arquivo municipal. Desde então, os documentos que eram produzidos pelas Câmaras e ex-Intendências passaram a ser transferidos pela Prefeitura – hoje eles constituem um dos fundos mais importantes da documentação custodiada pelo Arquivo. Em 1936, surgiu o Departamento de Cultura com várias divisões, entre elas, a Divisão de Documentação Histórica e Social sob a qual estava subordinada a subdivisão chamada Documentação Histórica. Para ela já estavam estabelecidas as funções de recolher, restaurar, conservar documentos históricos ou antigos e possibilitar o acesso ao público.

AHSP - Edificio Ramos de Azevedo

Atualmente, de acordo com as informações encontradas na página da Prefeitura do município, o Arquivo Histórico de São Paulo salvaguarda os documentos considerados mais antigos da América Latina, as Atas da Câmara de Santo André da Borda do Campo datadas entre 1555 e 1558. Conta com um acervo de mil metros lineares que já ocupou vários imóveis na cidade até ser transferido para o Edifício Ramos de Azevedo (foto acima). E desde 2012 é um Departamento da Secretaria de Cultura.

Dentre as atividades oferecidas pelo AHSP, temos o Serviço Educativo cujo objetivo é a divulgação do conteúdo dos fundos documentais custodiados pela instituição e o desenvolvimento da função social do Arquivo – a conservação e acesso ao patrimônio documental da cidade. Como em muitas outras instituições arquivísticas, caracterizam esse serviço as visitas guiadas, sobretudo, e publicações destinadas ao público escolar.
De acordo com informações disponibilizadas pelo AHSP, o visitante conhece as dependências da instituição e um pouco sobre os documentos que lá se encontram. No caso de visitas técnicas para estudantes das áreas de biblioteconomia, de arquivística e de história, a atenção volta-se para a estrutura organizacional e para o tratamento recebido pela documentação. No entanto, para além de informes básicos a respeito desse serviço, ofertado por praticamente todas as instituições arquivísticas públicas, o que nos motivou a escrever sobre o Arquivo Histórico de São Paulo, nesse espaço destinado a apresentações e reflexões sobre ações educativas em arquivo, foi a proposta densa de visita guiada para o público escolar.

Capa Caderno do ProfessorPraticamente todas as informações a respeito dela, encontramos na publicação Caderno para o Professor. Para acessar, clique aqui.

Nele, está impresso uma sugestão de todos os passos para que a visita ao arquivo se transforme em uma atividade pedagógica: (1) Preparando a visita, etapa na qual o professor deve conhecer o espaço antes dos alunos, estabelecer os objetivos que pretende alcançar, definir conteúdos e temas a serem desenvolvidos com os alunos; (2) Agendamento e Visita; (3) Avaliando à visita que compreende a continuidade do trabalho em sala de aula. Para isso, seguem propostas de onze atividades.

As sugestões de atividades para serem desenvolvidas na sala de aula são as seguintes: (a) o registro de impressões dos alunos sobre a Mostra de Painéis do AHPS; (b) pesquisa direcionada no site do AHSP; (c) análise comparativa entre arquivo, biblioteca, museu e centro de documentação; (d) compreensão de textos e textos antigos; (e) exploração da Exposição Virtual; (f) reconhecendo a escola; (g) reconhecendo o bairro; (h) reconhecendo um bem cultural – elaboração de um concurso para escolha de um bem cultural que simbolize o bairro; (i) comparar vários mapas da cidade; (j) análise de painéis cujas informações retratam diversos momentos da cidade; e (l) Representação Dramática. No publicação, o leitor pode encontrar informações detalhadas de cada uma dessas sugestões de atividades. Achamos importante citá-las aqui, para refletirmos sobre o quanto, de fato, uma visita guiada deve ser compreendida como um serviço educativo quando ocorrem desdobramentos para além da contemplação da instituição, e sobre o quanto pode ser qualificada nesse sentido (principalmente em instituições que não oferecem outras atividades para o público escolar).

Capa Livro Conhecendo o AHSPPara o desenvolvimento das atividades sugeridas para o encaminhamento das visitas guiadas, o professor pode encontrar auxílio em uma publicação também elaborada para o público escolar. Trata-se do livreto Conhecendo o Arquivo Histórico Municipal – para acessar, clique aqui. Essa edição (2008), foi mais uma das formas encontradas pelo Serviço Educativo da instituição para divulgar os documentos custodiados pelo AHSP.

Pode parecer simples a oferta desses serviços. Entretanto, para aqueles que trabalham em instituições arquivísticas, é evidente o esforço para ser construído ou mantido qualquer tipo de trabalho pedagógico por instituições que são vistas pela administração pública, em boa parte das vezes, como apenas mais um, embora importante, apêndice da burocracia do estado. Dessa forma, a qualificação, pelo Serviço Educativo do AHSP, das visitas guiadas é um importante instrumento de manter a conexão entre os arquivos e o público escolar.

Fontes:
Página da Prefeitura da Cidade de São Paulo – http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/arquivo_historico/educativo/
Conhecendo o Arquivo Histórico Municipal (Publicação AHSP) – http://www.arquiamigos.org.br/info/info23/educativo/educativo.htm
Livro Caderno do Professor (Publicação AHSP) – http://issuu.com/ahsp/docs/caderno-professor-ahsp?e=6031811/2596149
Anúncios