Na próxima semana, dia 21/10, quarta-feira, Amanda Ciarlo, Andressa Malhão, Guilherme Lauterbach e João Victor Câmara, bolsistas do Programa de Educação Patrimonial UFRGS-APERS (PEP), participarão do Salão UFRGS 2015, apresentando trabalhos produzidos sob orientação da prof.ª Carla Rodeghero (UFRGS) a respeito das ações desenvolvidas no APERS.

Banner Salão de Extensão

No turno da manhã, das 09h às 12h, Andressa e João vão participar de uma tertúlia no XVI Salão de Extensão, apresentando a comunicação intitulada “Educação patrimonial e formação de professores: Escravidão, liberdade e emancipação como demanda escolar”. A reflexão é fruto do trabalho desenvolvido no APERS ao longo do primeiro semestre de 2015, com o oferecimento do curso de Formação para Professores “Educação Patrimonial e Cidadania: história da escravidão e liberdade no Rio Grande do Sul”, realizado pelo PEP e pelo GT Emancipações e pós-abolição da ANPUH-RS, e com a reformulação da oficina Os Tesouros da Família Arquivo. Confira a programação completa das tertúlias no Salão de Extensão aqui, e os resumos de todos os trabalhos que serão apresentados em nossa sessão, aqui.

banner Salão de Ensino

Já no turno da tarde, das 14h às 18h, Amanda e Guilherme farão sua comunicação no XI Salão de Ensino, na Sessão 10.2 – Relato de Experiência pedagógica na Graduação. O trabalho, intitulado “De Patacho a Panxo: o uso de processos crime em oficinas de educação patrimonial sobre escravidão e liberdade”, visa compartilhar as vivências da equipe durante a reformulação da oficina Tesouros, quando os processos criminais salvaguardados pelo APERS foram pesquisados para compor a atividade. O relato aponta as dificuldades e potencialidades percebidas para o trabalho com turmas dos 6º e 7º ano do Ensino Fundamental a partir dessa tipologia documental

A apresentação da manhã ocorre na Sala 01 do Instituto de Letras, e a da tarde ocorre na Sala 212 do Prédio 43124, ambas no Campus do Vale (Av. Bento Gonçalves, n.º 9.500). Participe!

Anúncios