Na última quarta-feira, dia 07, servidoras do Arquivo Público do RS estiveram presentes no Seminário Arquivos Públicos Municipais: Preservação da Memória, Transparência e Acesso à Informação. O evento, realizado na Cinemateca Capitólio, foi uma iniciativa da Coordenação da Memória Cultural, Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho e Secretaria da Cultura de Porto Alegre.

     A programação contou com apresentações sobre: Política Nacional de Arquivos, por Domícia Gomes Borges representante do Conselho Nacional de Arquivos; Acesso à Informação e Transparência Ativa através da Plataforma Arquivística em Software Livre para Arquivos na Internet, pelo professor Daniel Flores, da Universidade Federal de Santa Maria; Arquivos, Transparência e Acesso, por Alexandre Veiga, arquivista da Secretaria Estadual de Cultura; A Importância da Documentação das Câmaras Municipais para a História do Brasil, por Helen Osório – Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Jorge Alberto Soares Barcellos, historiador do Memorial da Câmara Municipal de Porto Alegre.

Guia capa     As servidoras do Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho apresentaram os Resultados do Projeto Câmaras Coloniais e Imperiais e foi lançado, em versão digital, o Guia de Fundos das Câmaras Municipais do Rio Grande do Sul: período Colonial e Imperial – 1747 a 1889 (clique aqui para acessar).

     Este projeto interinstitucional, tem a participação de municípios e instituições que custodiam acervos deste período. O Arquivo Público do RS esteve representado no projeto pelas arquivistas Aerta Moscon e Maria Cristina Fernandes, que participaram do Grupo de Trabalho para estudo da história administrativa das Câmaras Coloniais e Imperiais.

     Visando preservar e facilitar o acesso aos acervos, a segunda etapa do projeto pretende digitalizar a documentação dos municípios participantes do Projeto Câmaras Coloniais e Imperiais. Assim, ao final do evento, foi assinado o convênio entre a Prefeitura Municipal de Porto Alegre, o Conselho de Arquitetura e Urbanismo/RS e o Sindicato dos Arquitetos/RS para captação de recursos com vistas à digitalização destes acervos.

Anúncios