Hoje apresentamos um relatório sucinto com o balanço das principais atividades que demandaram nossa atenção no ano que passou, e nas próximas semanas detalharemos alguns resultados em posts específicos, confira!

– Continuidade das atividades de atendimento ao público com a disponibilização do acervo documental custodiado, sendo atendidos 4.983 usuários, os quais geraram 12.397 solicitações de atendimentos.

– Foram realizadas 73 visitas guiadas para 1.118 pessoas.

– Conclusão dos projetos Afinal, onde estão as mulheres no APERS? Gênero, memória e história e APERS? Presente, professor!, continuidade dos projetos Organização dos Acervos das Secretarias da Justiça, Estágio Curricular para o Curso de História e Organização do acervo da Comissão Estadual da Verdade, e início do projeto Organização do Acervo da Secretaria da Coordenação e Planejamento.

– Em 2016 os servidores do APERS seguiram atuando para a implementação da gestão documental no Estado através do Sistema de Arquivos do Estado do Rio Grande do Sul – SIARQ/RS; participaram de 88 reuniões de assessorias técnicas, ministraram um Curso de Gestão Documental (parceria com FDRH/Escola de Governo), apreciaram 59 Listagens de Eliminação de Documentos. Foram recebidos e enviados cerca de 500 e-mails com questões referentes à gestão documental, realizaram 03 reuniões do Comitê Gestor do SIARQ/RS e 01 Encontro dos Arquivistas RS. Foram publicadas no Diário Oficial a Instrução Normativa que estabelece procedimentos para a eliminação de documentos (IN nº 01/2016) e o Regimento Interno do Comitê Gestor do SIARQ/RS (Resolução Nº 01/2016 e retificação na Resolução Nº 02/2016).

– Em relação ao Sistema PROA, foram realizados 02 treinamentos Sala de Gestão do PROA para servidores de vários órgãos (parceria com PROCERGS), participaram de 29 reuniões no Comitê Gestor do Processo Administrativo Eletrônico, foram recebidos e enviados mais de 2.000 e-mails relacionados à atribuição de Assuntos e Tipos de Assuntos e foi ministrada a palestra Gestão Documental aplicada ao Sistema PROA.

– Revisão e preparação para indexação no sistema AAP de processos proveniente das Comarcas de Arroio Grande, Bagé, Bento Gonçalves, Caçapava do Sul, Canguçu, Dom Pedrito, Jaguarão, Júlio de Castilhos, Passo Fundo, Piratini, Porto Alegre, Quaraí, Rio Grande, Rio Pardo, Rosário do Sul, Santo Antônio da Patrulha, e Vacaria. Foram disponibilizados para consulta em nosso portal os dados dos acervos das Comarcas de Bagé e Canguçu/Piratini.

– Realização dos eventos em comemoração aos 110 anos do APERS: Lançamento “PEP em Revista” e concerto Orquestra Villa-Lobos, pré-estreia do vídeo institucional do APERS, mesa de debate e lançamento da exposição Porto Alegre Imaginada, e lançamento do Catálogo História das Mulheres & Relações Familiares. Também realizamos o Seminário Políticas Públicas e Acervos Documentais, a XIII Mostra de Pesquisa, o Seminário Políticas Públicas e Gestão do Estado: preservação de bens e acervos culturais em instituições de memória, e a I Mostra de Educação Patrimonial.

Publicação do nosso vídeo institucional, do selo comemorativo aos 110 anos do APERS utilizado durante o ano como nossa logomarca, da Coletânea da IIª Edição do Projeto APERS? Presente, professor! – Eixo Temático História e Educação em Direitos Humanos, do Catálogo História das Mulheres & Relações Familiares, da Descrição das tipologias da espécie documental “Processo Judicial” do acervo do Poder Judiciário, custodiado pelo Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul e dos Anais da XIII Mostra de Pesquisa do APERS.

– Realização de 84 oficinas de educação patrimonial com 1.650 alunos das diversas redes de ensino do RS, realização de 02 cursos de capacitação de oficineiros e 01 de curso de formação para professores, disponibilização do fôlder de divulgação do Programa de Educação Patrimonial UFRGS | APERS, publicação do livro PEP em Revista: O Programa de Educação Patrimonial UFRGS-APERS e participação em eventos científicos para divulgação das atividades de educação patrimonial.

– Realização da higienização, desmetalização e pequenos reparos em 690 processos administrativos do acervo da Secretaria da Justiça e feituras de lombadas, costuras e pastas para documentos armazenados em 24 caixas, a totalidade do acervo, da Comissão Estadual da Verdade.

– Continuidade das atividades de difusão virtual do Arquivo através do Divulga APERS, compreendendo este blog, os perfis no Twitter, Facebook e You Tube.

Gráfico de atendimentos mensais realizados aos usuários do APERS em 2016.

Gráfico de atendimentos mensais realizados aos usuários do APERS em 2016.

   Lembre-se: nas próximas semanas, durante os meses de janeiro e fevereiro, publicaremos relatórios detalhando as principais atividades realizadas. Aguarde!

Leia os balanços de anos anteriores:

Balanço 2012 e diretrizes 2013 do APERS

Balanço 2013 do APERS

Balanço 2014 do APERS

Balanço 2015 do APERS

Anúncios