Boas Festas e Ótimo 2018

Deixe um comentário

Anúncios

Catálogo Seletivo I – Escravidão, Liberdade e Tutela

1 Comentário

            O APERS, de acordo com as atribuições de difundir seus acervos e de facilitar o acesso à documentação que custodia, publica mais um instrumento de pesquisa nesse ano. Trata-se do Catálogo Seletivo I – Escravidão, Liberdade e Tutela, no qual o leitor encontrará a descrição de Processos Judiciais de Tutela que tramitaram entre os anos de 1871 e 1898 no Juízo de Órfãos das 1ª, 2ª e 3ª Varas de Família e Sucessão da Comarca de Porto Alegre no estado do Rio Grande do Sul.

            Como recorte temático, em meio às múltiplas possibilidades de pesquisas que podem ser realizadas a partir desses processos, optamos pela abordagem das relações entre escravidão, liberdade e tutela. Por esse motivo, foram descritos os documentos nos quais a presença das figuras do escravo, do liberto, do negro e do pardo foi registrada.

            Desde a promulgação da Lei do Ventre Livre em 1871, observamos que o aparecimento desses sujeitos nos autos dos processos ocorreu com maior frequência e também com inscrições de informações e argumentações diversas para a solicitação de tutela e para a nomeação de tutor para negros e pardos, filhos de cativos e de libertos com idade até vinte e um anos. Muito embora a promulgação da Lei Áurea em 1888 represente formalmente o fim da escravidão, estendemos o intervalo do recorte temporal por dez anos após essa data em razão da permanência da presença desses indivíduos nos registros. A relevância dessa escolha apoia-se na perspectiva de possibilitar a visualização das relações de rupturas e permanências, presentes na documentação nos primeiros anos do pós-abolição, naquilo que diz respeito à tutela.

            O leitor encontrará, no contato com os verbetes, fontes potenciais para o estudo, por exemplo, da transição do trabalho escravo para o trabalho livre, da manutenção das relações escravistas, bem como da luta por liberdade no Brasil. As referências que constam nos documentos possibilitam problematizar a forma pela qual, senhores, autoridades, governo e a população escrava se utilizaram do instrumento da tutela para exercer seu protagonismo em torno de seus interesses nas últimas décadas do século XIX.

            Esperamos que essas informações preliminares incentivem a leitura do catálogo e que o instrumento permita a qualificação de trabalhos de pesquisa que utilizem nosso acervo, seja qual for o objeto e áreas de interesse, e que, como convenientemente lembrou o Professor Paulo Moreira, em 2010, no prefácio dedicado ao Catálogo Documentos da Escravidão, que a invisibilidade dos africanos e dos seus descendentes siga sendo dissipada na perspectiva de que ocupem o lugar no qual sempre estiveram na história do RS e do Brasil.

            Boa leitura!

Habilitações para casamento: índices disponíveis IV

Deixe um comentário

Informamos que os relatórios dos Processos de Habilitação para Casamento dos Cartórios do Registro Civil de Santa Maria, Santa Rosa, Santa Vitória do Palmar, Santana da Boa Vista e Santana do Livramento encontram-se disponíveis para consulta. Até o momento, foram revisados 94.030 processos de Habilitação para Casamento de 1.648 caixas divididos em 49 cartórios do Registro Civil.

Abaixo disponibilizaremos os índices dos fundos contendo só dados básicos dos documentos indexados no sistema AAP (para acessar, clique em cima dos links):

Cartório de Santa Maria Parte 1 Parte 2

Cartório de Santa Rosa

Cartório de Santa Vitória do Palmar

Cartório de Santana da Boa Vista

Cartório de Santa do Livramento

Se você tiver interesse em consultar estes documentos em nossa Sala de Pesquisa, envie um e-mail para: saladepesquisa@smarh.rs.gov.br e solicite seu atendimento.

Notícias relacionadas:

Habilitações para Casamento: índices disponíveis I

Habilitações para casamento: índices disponíveis II

Habilitações para casamento: índices disponíveis III

Visita Guiada ao Cemitério da Santa Casa de Porto Alegre

Deixe um comentário

     Considerando que há no acervo do Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul inventários e testamentos relativos a personalidades enterradas no Cemitério da Santa Casa, como Júlio de Castilhos e Borges de Medeiros, o APERS e a Associação dos Amigos do APERS estão organizando visita guiada àquele Cemitério.

    A visita será coordenada por Daniel Teixeira Meirelles Leite, Graduado em História pela PUC/RS e Pós-Graduado em Patrimônio Histórico e Cultura pela Universidade da Região da Campanha – URCAMP. Daniel é genealogista e pesquisador de arte cemiterial tendo publicações nessas duas temáticas, além de atuar como guia turístico voluntário no Cemitério da Santa Casa de Porto Alegre.

    As inscrições deverão ser feitas até o dia 08 de dezembro, através do e-mail: aaaprs@gmail.com .

  • Data da Visita: 09 de dezembro
  • Horário: 15 horas
  • Nº de vagas: 20
  • Valor da inscrição: R$ 20,00 a ser pago no dia.
  • Local de encontro: entrada do Cemitério da Santa Casa, às 14:45 horas. (Avenida Professor Oscar Pereira, 423 – Azenha).

APERS em Números – Novembro 2017

Deixe um comentário

Confira alguns dados referentes aos serviços realizados no APERS durante o mês de novembro:

– Assessorias SIARQ/RS: 14

– Usuários atendidos: 392

– Cidadão: 296

– Usuários internos: 04

– Pesquisadores: 92

– Novos pesquisadores: 46

– Atendimentos aos usuários: 1.112

– Cidadão: 366

– Usuários internos: 15

– Pesquisadores: 731

– Indexação Sistema AAP: 1.274

– Oficinas de educação patrimonial: 12

– Visualizações blog institucional: 17.196

Veja abaixo os gráficos de usuários atendidos e atendimentos realizados por dia no mês de novembro:

Gráficos de usuários atendidos e atendimentos realizados por dia no mês de novembro.

Clique aqui para saber mais sobre os serviços que o APERS presta a comunidade.

Oficinas de educação patrimonial – Novembro 2017

Deixe um comentário

Confira as escolas que participaram das Oficinas de Educação Patrimonial oferecidas pelo APERS durante o mês de novembro:

  • Dia 07: durante a tarde os alunos do Programa de Oportunidades e Direitos Socioeducativo – POD da Escola Pão dos Pobres participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Guilherme Rodrigues. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 09: durante a tarde os alunos do 7º ano – turmas A e B da EMEF Theodoro Bogen participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Guilherme Fraga. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 11: durante a manhã os alunos do curso de história da Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Éder da Silva Silveira. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 16: durante a manhã os alunos do 2º ano – turma 204 do CE Inácio Montanha participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pela professora Raquel Braun Figueiró. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 20: durante a noite os alunos do EJA do Colégio Aplicação – UFRGS participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Vanderlei Machado. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 21: durante a manhã os alunos do 8º ano – turma A da EMEF José Plácido de Castro participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Relações de Gênero na História” acompanhados pela professora Gabriela Schneider. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 22: durante a tarde os alunos do 9º ano – turma A da EMEF José Plácido de Castro participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Relações de Gênero na História” acompanhados pela professora Gabriela Schneider. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 23: durante a manhã os alunos do 7º ano – turmas C11 e C12 da EMEF Aramy Silva participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Fabiana Borges Meira. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 28: durante a tarde os alunos do Programa de Oportunidades e Direitos – POD da Escola Pão dos Pobres participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Luciane Brum. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 29: durante a manhã os alunos do 9º ano – turma 91 da Escola Cesi Viamópolis participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Relações de Gênero na História” acompanhados pela professora Amanda Siqueira da Silva. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 30: durante a manhã os alunos do 7º ano – turma C12 e C13 da EMEF Aramy Silva participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Fabiana Borges Meira. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.
  • Dia 30: durante a tarde os alunos do Curso de Museologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Zita Possamai. Clique aqui para acessar o álbum de fotos.

Para saber mais sobre nossas oficinas clique aqui.

Atividades SIARQ/RS – Novembro 2017

Deixe um comentário

    O Arquivo Público do RS, enquanto Órgão Gestor do Sistema de Arquivos do Estado do Rio Grande do Sul – SIARQ/RS, atua para efetivar a gestão documental nos órgãos do Poder Executivo. Durante o mês de novembro os servidores participaram de reuniões de assessoria técnica, reuniões de comitês e grupos de trabalho, que listamos abaixo:

Dias 01, 09 e 16: arquivistas do APERS estiveram na Divisão de Protocolo Arquivo e Informações (DIPRO/DEADM/SMARH), participando de reunião para definições sobre recolhimento de acervos ao APERS. Participantes: Samantha Signor (DIPRO); Cléo Belicio Lopes, Maria Cristina Fernandes e Renata Vasconcellos (APERS).

Dias 08, 14 e 29: os arquivistas Jonas Melo, Maria Cristina Kneipp Fernandes e Renata Vasconcellos (APERS) estiveram na Secretaria da Educação (SEDUC), Arquivo Central da Secretaria, para prestarem orientações quanto à classificação e avaliação de documentos na organização do acervo na SEDUC e, com o Grupo de Trabalho Procedimentos PROA para a SEDUC, trataram sobre a elaboração de minuta de normativa o uso do Sistema PROA.

Dias 09 e 30: os arquivistas Cléo Belicio Lopes e Jonas Ferrigo Melo participaram das reuniões do Comitê Gestor do PROA, realizadas na Sala de Gestão da SMARH, onde foram analisadas as demandas recebidas dos órgãos usuários e outros temas relacionados à implantação do Sistema.

Dia 10: as arquivistas Maria Cristina Kneipp Fernandes e Renata Vasconcellos estiveram na Sede Complementar do Centro Administrativo Fernando Ferrari (SECOM/CAFF), acompanhando e prestando orientações para a realização das atividades dos estagiários Ederson Silva da Silva e Tiago Costa, na organização do acervo da Divisão de Pessoal (DIPES/DEADM/SMARH).

Dias 13 e 17: os arquivistas Aerta Grazzioli e Cléo Belicio Lopes (APERS) estiveram na Companhia Rio-Grandense de Artes Gráficas (CORAG), participando de reunião para orientações sobre atividades de gestão documental para transferência e recolhimento de documentos. Participaram Virgínia, Flávio Caetano e Márcia Sena (CORAG), Flávia Cezar e Samantha Signor (DIPRO/DEADM/SMARH).

Dia 14: arquivistas do APERS estiveram na Fundação de Economia e Estatística (FEE), participando de reunião para prestarem orientações sobre atividades de gestão documental para transferência e recolhimento de documentos. Participarem Aerta Grazzioli e Cléo Belicio Lopes (APERS) e Marcelo Silva, Angela Costa, Anelise Rubleski e Grazziela Castro (FEE).

Dia 21: os arquivistas Iara Gomide e Cléo Belicio Lopes (APÈRS) estiveram no Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo (CAU/RS) para atenderem a solicitação de assessoria para elaboração de Plano de Classificação e Tabela de Temporalidade. Participou Denise Lima (CAU/RS).

Dia 23: as arquivistas Maria Cristina Fernandes e Silvia Soares (APERS) estiveram no Arquivo da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG), para prestarem orientações sobre recolhimento de documentos e continuidade das atividades de classificação de documentos para realizar nova eliminação. Participaram Leocádia Nunes Jung e estagiário Guilherme Sumariva (SPGG).

Dia 24: os arquivistas Aerta Moscon e Cléo Belicio (APERS) estiveram na Fundação de Ciência e Tecnologia (CIENTEC), participando de reunião para orientações sobre atividades de gestão documental para transferência e recolhimento de documentos. Participou Rodrigo Saraiva (CIENTEC).

Dia 28: os arquivistas do APERS receberam, no Arquivo Público, servidores do Protocolo da Casa Civil, para prestarem orientações sobre gestão documental. Participaram Cléo Belicio, Renata Vasconcellos e Silvia Soares (APERS); Vicentina Pereira e os estagiários Felipe e Verônica (CC).

Em novembro, o Arquivo Público analisou três (03) Listagens de Eliminação de Documentos visando a aprovação, recebidos por processos administrativos, conforme estabelecido pelo Decreto 52.808/2015, em seu Art. 6º, parágrafo V.

E, neste mês, foram recebidos na caixa do e-mail assuntos-proa@smarh.rs.gov.br, vinte e um (21) e-mails de diversos órgãos, referentes a solicitações, esclarecimentos de dúvidas com relação à atribuição de assuntos no Sistema PROA. Além desses, na caixa de correio do SIARQ/RS foram recebidos dois (02) e-mails com questões sobre gestão documental.

Para solicitar assessoria ao SIARQ/RS, visando implementar as normativas e os instrumentos de gestão documental, pode entrar em contato pelo e-mail siarq-apers@smarh.rs.gov.br ou telefone (51) 3288-9114.

Older Entries Newer Entries

%d blogueiros gostam disto: