Aniversário do APERS e abertura da exposição “Trabalhadoras Mulheres no APERS”

Deixe um comentário

    No dia 08 de março, além do Dia Internacional da Mulher, o Arquivo Público do Rio Grande do Sul (APERS) celebrou seus 111 anos com a abertura da exposição “Trabalhadoras Mulheres no APERS”, no Espaço Joel Abílio Pinto dos Santos, coordenada pelas arquivistas Iara Gomide e Marta Araújo e pela técnica em assuntos culturais Caroline Baseggio.

   A abertura foi realizada pela Diretora do Arquivo Público, Aerta Moscon e pelo Secretário de Estado da Modernização Administrativa e dos Recursos Humanos (SMARH), Raffaele Di Cameli, que ressaltaram a qualificação profissional e das atividades realizadas e o legado para a sociedade deixado pelas servidoras do APERS.

    A solenidade também contou com a presença de servidoras, funcionárias terceirizadas e estagiárias que compõem o quadro atual da instituição e muitas outras que já não trabalham mais no Arquivo. Em clima de reencontro e confraternização todas e todos puderam reencontrar ex-colegas e conferir a mostra de fotografias, documentos, móveis, e equipamentos e instrumentos de trabalho, a fim que prestar uma homenagem aos 111 anos do APERS e às mulheres que trabalham e já trabalharam no Arquivo Público. Confira algumas imagens do evento clicando aqui.

    Ao longo da semana, a exposição teve repercussão em meios de comunicação, sendo divulgada na página de notícias do Governo do Estado, na página do ClicRBS e na coluna Almanaque Gaúcho edição de final de semana, 11 e 12 de março de 2017, do Jornal Zero Hora.

    A exposição permanece aberta para visitação até 31 de março de 2017, das 8h30min às 17h, no APERS, Rua Riachuelo, 1031, Centro Histórico de Porto Alegre. Informação pelo fone (51) 3288-9100.

Resultados do Projeto Documentos da Escravidão – Preservação das Cartas de Liberdade

Deixe um comentário

2013.09.11 Projeto Docs Escr Banner     O Arquivo Público do RS (APERS) e a Associação de Amigos do APERS (AAAP-RS) promoveram, no dia 19 de novembro, a apresentação dos resultados do Projeto Documentos da Escravidão – Preservação das Cartas de Liberdade.

    Deste projeto resultou a digitalização de 30 mil cartas de liberdade referentes ao período da escravidão no RS – de 1763 a 1888, que se encontram arquivados no APERS. Este material está disponibilizado via sistema de Administração de Acervos Público (AAP) no portal institucional, permitindo o acesso às imagens através da internet, pelo http://www.apers.rs.gov.br.

     A mesa de abertura foi composta pela presidente da AAAP-RS, Clara Kurtz, e pela diretora do APERS, Isabel Almeida, as quais enfatizaram a importância de tal iniciativa para ampliar o acesso ao patrimônio documental salvaguardado no Arquivo.

     Em seguida a arquivista Aerta Grazzioli Moscon, coordenadora do projeto, explanou sobre o mesmo, demonstrou como pesquisar e acessar as cartas de liberdade através do portal do APERS.

     O evento teve ainda a participação de Thiago Araújo, doutorando em História Social Cecult/Unicamp e pesquisador do APERS com a comunicação “Reflexões sobre o uso das cartas de liberdade na pesquisa histórica”.

     Ao final os presentes foram convidados a participar do coquetel de encerramento.

Convite Evento Documentos da Escravidão – Preservação das Cartas de Liberdade

Deixe um comentário

2013.12.11 Convite Lançamento Cartas Liberdade

%d blogueiros gostam disto: