Conferência com Flávia Schilling encerra Curso de Formação para Professores em 2014 – Participe!

Deixe um comentário

No dia 29/11, sábado, às 09:30h, ocorre no APERS a Conferência Educação e Direitos Humanos, atividade de encerramento da 4ª edição do Curso de Formação para Professores em Educação Patrimonial, Cidadania e Direitos Humanos promovido pelo Programa de Educação Patrimonial UFRGS/APERS. A conferencista será Flávia Schilling, em atividade gratuita e aberta ao público sem necessidade de inscrição prévia.

Flávia Inês Schilling tem graduação em Pedagogia, mestrado em Educação e doutorado em Sociologia. Desde 2001 é professora da Faculdade de Educação da USP, tendo defendido tese de Livre Docência em 2012. Teve atuação em escolas e em organizações como o Núcleo de Estudos da Violência da USP, o Centro de Referência e Apoio à Vítima e a Comissão da Mulher do Parlamento Latino-americano. Suas pesquisas têm se dedicado aos seguintes temas: direitos humanos, violência, vitimização, corrupção e segurança pública, identidades, relações de gênero. Sua trajetória de vida também foi marcada pelas experiências do exílio, da clandestinidade, da prisão política e da reconstrução ao final do período da ditadura.

Informações: (51)3288-9117 ou acaoeducativa@sarh.rs.gov.br

2014.11.26 Cartaz Conferência Flávia Schilling

APERS na XX Jornada de Ensino de História e Educação

Deixe um comentário

     Na semana passada, nos dias 3 e 4 de novembro, Clarissa Sommer, Nôva Brando e Vanessa Menezes, historiadoras do Arquivo Público do RS, participaram da XX Jornada de Ensino de História e Educação, realizada na Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Convidadas a ministrar a Oficina Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos no evento, tiveram também a oportunidade de assistir a conferências, mesas e simpósios temáticos.

     No turno da tarde de segunda-feira, participaram da mesa Professores de História e Experimentações, com Nilton Mullet Pereira (UFRGS); Dália Leindecker (Rede Estadual de Ensino); Adriana Senna (FURG) e depois disso acompanharam o Bate-papo Culturas Juvenis, com Carmem Zeli de Vargas (UFRGS). Ainda na noite desse dia, prestigiaram a Conferência de Abertura Desafios da História do Tempo Presente, com Helenice Aparecida Rocha (UERJ).

     Na terça-feira pela manhã, foi o momento de realizarem, com os participantes da Jornada, a vivência da Oficina Resistência. Cerca de 20 pessoas, entre estudantes e professores, participaram da dinâmica proposta pelas historiadoras. Em um formato adaptado para o Evento, as atividades contaram com recursos multimídia, que possibilitaram apresentar as etapas da oficina desenvolvidas nas dependências do APERS. Em seguida, todos os participantes puderam manusear os materiais que compõem as caixas pedagógicas, seguindo praticamente a mesma metodologia aplicada com os alunos do ensino médio que a instituição costuma receber nas vivências. Foi um sucesso!!!

   No turno da tarde participaram das comunicações, nas quais estudantes, pesquisadores e professores puderam apresentar trabalhos. Dentre as apresentações, tivemos um trabalhos inscrito pela Nôva, A História do Tempo Presente, Presente! O Ensino da História da Ditadura Civil-Militar Brasileira a partir do Uso de Fontes Arquivísticas, cujo objeto de análise foi um projeto em desenvolvimento no APERS. E no turno da noite, um pouco antes de retornarem para Porto Alegre, ainda puderam acompanhar a mesa Ensino de História e Direitos Humanos, formada pelos professores Solon Viola (UNISINOS) e Helenice Aparecida Bastos Rocha (UERJ).

    Além da vivência, Clarissa, Nôva e Vanessa escreveram um artigo intitulado Ação Educativa e Educação Patrimonial em Arquivos: a Oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” no APERS. Divulgaremos por aqui as produções escritas para o Evento assim que forem publicadas.

Participação do APERS na CONSOCIAL-RS

Deixe um comentário

    Na quinta-feira, dia 15 de março, o Arquivo Público do RS esteve presente através da Diretora Isabel Almeida, da Chefe da DIPEP Maria Cristina Fernandes e dos Arquivistas Aline Maciel, Aline Vedoin, Fábio Zimmer, Gabriel Ferreira e Karine Dressler na 1ª Conferência Estadual sobre Transparência e Controle Social – CONSOCIAL-RS, realizada em Porto Alegre com o tema “A Sociedade no Acompanhamento e Controle da Gestão Pública”.

   A CONSOCIAL-RS é uma etapa preparatória para a Conferência Nacional, que acontece entre os dias 18 e 20 de maio de 2012, em Brasília. A iniciativa tem como objetivos, entre outros, promover o debate de políticas e ações de participação social, estimular a participação democrática da sociedade no acompanhamento e controle da gestão pública e estabelecer medidas de prevenção e combate à corrupção.

    Os debates da Conferência, desde a etapa municipal até a nacional, terão interface com os seguintes eixos temáticos: a) Promoção da transparência pública e acesso à informação e dados públicos; b) Mecanismos de controle social, engajamento e capacitação da sociedade para o controle da gestão pública; c) A atuação dos conselhos de políticas públicas como instâncias de controle; d) Diretrizes para a prevenção e o combate à corrupção.

    A etapa estadual congregou os delegados escolhidos nas etapas municipais da Conferência e demais público interessado no assunto. Durante o dia os participantes tiveram a oportunidade de conhecer e debater as propostas já eleitas prioritárias nas etapas municipais. Ao final do evento, houve a votação das propostas prioritárias, bem como a eleição dos delegados que representarão o Estado na Conferência Nacional.

    A 1ª CONSOCIAL é organizada pela Controladoria-Geral da União – CGU em nível nacional, e pela Casa Civil (Subchefia de Ética, Controle Público e Transparência) em nível estadual.

%d blogueiros gostam disto: