Mundo dos Arquivos – Dicas de Filmes Parte 2

Deixe um comentário

    Hoje prosseguimos com mais dicas de filmes que apresentam cenas em bibliotecas, arquivos ou museus que ilustram o Mundo dos Arquivos! Segue abaixo a seleção:

.

o-procuradoO PROCURADO. De Timur Bekmambetov, com James McAvoy, Angelina Jolie, Morgan Freeman, Terence Stamp.

Wesley Gibson tem 25 anos e detesta sua vida. Ele segue o caminho de seu pai e entra para a Fraternidade, uma liga de assassinos treinados para executar as ordens do destino, cujo lema é “matar um, salvar mil”. Logo ele se torna o preferido da Fraternidade, o que faz com que se sinta bem consigo mesmo. Porém a situação muda quando ele percebe que seus parceiros não têm interesses tão nobres quanto aparentavam.

.

.

baladas-em-nyBALADAS EM NOVA YORK. De Daisy Von Scherler Mayer, com Parker Posey, Liev Schreiber, Sasha von Sherler.

Alegre, independente e desmiolada, a jovem Mary adora curtir seu guarda-roupas e seu apartamento em Nova York. Por causa de uma inocente festinha, agora ela está em apuros, e precisa devolver o dinheiro que pediu emprestado à sua madrinha Judy. Mesmo odiando a ideia Mary arruma emprego na biblioteca e essa experiência a transformará numa verdadeira mulher.

.

spotlight-segredos-reveladosSPOTLIGHT – SEGREDOS REVELADOS. De Tom McCarthy, com Mark Ruffalo, Michael Keaton, Rachel McAdams, John Slattery, Stanley Tucci, Brian d’Arcy James, Liev Schreiber e Billy Crudup.

Baseado em uma história real, o drama mostra um grupo de jornalistas em Boston, que reúne milhares de documentos capazes de provar diversos casos de abuso de crianças causados por padres católicos. Durante anos, líderes religiosos ocultaram o caso transferindo os padres de região.

.

.

com-meritoCOM MÉRITO. De Alek Keshishian, com Joe Pesci, Brendan Fraser, Moira Kelly, Patrick Dempsey.

Monty é um estudante que está prestes a completar sua pós-graduação na Universidade de Harvard. Com o computador estrago e apenas uma impressão da sua tese em mãos, ele corre em uma loja para copiar seu trabalho, mas, acaba caindo no subsolo de um prédio. Monty descobre que Simon, um sem-teto encontrou sua tese. Esperto, Simon resolve fazer um acordo, a cada dia que Monty lhe der acomodação e comida, Simon lhe devolverá uma página da tese.

.

Fontes de pesquisa:  Adoro Cinema – InterFilmesYouTube

.

Notícias relacionadas:

Mundo dos Arquivos – Dicas de Livros (2017)

Mundo dos Arquivos – Dicas de Filmes Parte 1 (2017)

Mundo dos Arquivos – Dicas de Filmes Parte I (2012)

Mundo dos Arquivos – Dicas de Filmes Parte II (2012)

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte I  (2013)

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte II  (2013)

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte III  (2013)

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte 1  (2014)

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte 2 (2014)

Mundo dos Arquivos – Dicas de Filmes Parte 1

1 Comentário

    Em continuidade às postagens sobre o Mundo dos Arquivos, nesta semana postamos a primeira parte das dicas de filmes que tenham em seu enredo este universo dos arquivos, bibliotecas e museus. Confira os títulos selecionados e divirta-se!

.

2017-01-25-a-menina-roubava-livrosA MENINA QUE ROUBAVA LIVROS. De Brian Percival, com Geoffrey Rush, Emily Watson, Sophie Nélisse, Ben Schnetzer, Nico Liersch.

Durante a Segunda Guerra Mundial, uma jovem garota chamada Liesel Meminger sobrevive fora de Munique através dos livros que ela rouba. Ajudada por seu pai adotivo, ela aprende a ler e partilhar livros com seus amigos, incluindo um homem judeu que vive na clandestinidade em sua casa. Enquanto não está lendo ou estudando, ela realiza algumas tarefas para a mãe e brinca com a amigo Rudy.

.

2017-01-25-no-despertar-da-tormenta.

NO DESPERTAR DA TORMENTA. De Daniel Taradash, com Bette Davis, Alicia Hull, Brian Keith, Paul Duncan, Kim Hunter.

Neste clássico de 1956, uma bibliotecária enfrenta a fúria de uma cidade inteira ao se recusar a retirar da estante um livro comunista. O filme é um libelo contra a época caça às bruxas do senador McCarthy.

.

.

2017-01-25-a-dama-douradaA DAMA DOURADA. De Simon Curtis, com Helen Mirren, Ryan Reynolds, Daniel Brühl.

Filme baseado em uma história real. Na década de 1980, Maria Altmann, uma judia sobrevivente da Segunda Guerra Mundial, decide processar o governo austríaco para recuperar o quadro “Woman in Gold”, de Gustav Klimt – retrato de sua tia que foi roubado pelos nazistas durante a ocupação. Ela conta com a ajuda de um jovem advogado, inexperiente e idealista.

.

.

.

2017-01-25-o-segredo-de-eleonorO SEGREDO DE ELEONOR (Animação). De Dominique Monféry, com Jeanne Moreau, Julie Gayet, Pierre Richard.

Nathaniel passou grande parte de sua infância ouvindo sua tia Eleonor ler contos de fadas, apesar de ele mesmo ainda não saber ler. Quando a tia morre e deixa sua casa de herança para a família, Nathaniel recebe de presente as chaves do sótão onde ficava a biblioteca. Logo, o menino descobre que é um lugar mágico onde todos os personagens dos livros ganham vida. Conforme seus pais resolvem vender os livros para um colecionador, Alice, Aladdin, Peter Pan e muitos outros pedem a ajuda do garoto para salvá-los, já que aquela biblioteca é o seu lar.
.

Fontes de pesquisa: CinePlayersAdoro CinemaYouTube

.

Notícias relacionadas:

Mundo dos Arquivos – Dicas de Livros (2017)

Mundo dos Arquivos – Dicas de Filmes Parte I (2012)

Mundo dos Arquivos – Dicas de Filmes Parte II (2012)

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte I  (2013)

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte II  (2013)

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte III  (2013)

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte 1  (2014)

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte 2 (2014)

 

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte 3

Deixe um comentário

     Na última parte das dicas de filmes que permeiam o universo do “Mundo dos Arquivos” indicamos cinco filmes e um curta-metragem sobre a temática. O curta é mais pela diversão e delicadeza da animação, não recomendamos que você faça com seus documentos o que George fez!

1 Superman O RetornoSuperman – O retorno, de Bryan Singer, com Brandon Routh, Kate Bosworth, Kevin Spacey.

Após alguns anos de um misterioso desaparecimento, Superman (Brandon Routh) retorna ao planeta Terra. Porém a situação em Metrópolis está bastante mudada desde que o Homem de Aço deixou o planeta, pois a cidade se acostumou a viver sem ele. Além disto Lois Lane (Kate Bosworth), sua grande paixão, seguiu sua vida após o sumiço do herói. Ao mesmo tempo em que precisa se adaptar à nova realidade, Superman precisa enfrentar um antigo inimigo, que planeja um meio de acabar com ele de uma vez por todas.

Link: Fonte de pesquisa, trailer

O colecionador de ossos, de Phillip Noyce, com Angelina Jolie, Denzel Washington, Queen Latifah.

Em Nova York, Lincoln Rhyme (Denzel Washington), um conceituado policial, sofre um acidente e fica tetraplégico. Após quatro anos em uma cama, Rhyme se concentra na idéia de suicídio e tenta convencer os que estão ao seu redor em ajudá-lo na eutanásia. Tudo muda quando um serial killer começa a agir na cidade. Rhyme começa a ajudar no caso e os meios modernos de investigação são levados para sua casa. Amelia Donaghy (Angelina Jolie), uma policial de rua, é orientada por ele na investigação, mas Howard Cheney (Michael Rooker), o chefe de polícia, é um monumento à incompetência que só sabe criar entraves.

Link: Fonte de pesquisa, trailer

2 A oitava pagina

A oitava página, de David Hare, com Bill Nighy, Michael Gambon, Rachel Weisz, Ralph Fiennes e Judy Davis.

No filme, Johnny Worricker (Bill Nighy) é um antigo oficial do serviço secreto britânico, o M15. Seu chefe e melhor amigo é Benedict Baron (Michael Gambon), que morre de repente e deixa ao companheiro um arquivo que ameaça a estabilidade da organização onde trabalharam esses anos todos. Enquanto isso, a vizinha de Johnny, uma ativista política chamada Nancy Pierpan (Rachel Weisz) bate à sua porta no estilo – quando a esmola é muita até o santo desconfia.

Link: Fonte de pesquisa, trailer

J. Edgar, de Clint Eastwood, com Leonardo DiCaprio, Naomi Watts, Armie Hammer.

O longa explora a figura de um dos homens mais enigmáticos do século XX: John Edgar Hoover (Leonardo DiCaprio). Um dos principais responsáveis pela criação do FBI e seu homem forte por 48 anos, ele foi temido e admirado por várias décadas, mas em sua vida pessoal mantinha segredos grandes o bastante para acabar com sua reputação e sua carreira.

Link: Fonte de pesquisa, trailer

3 Coach CarterCoach Carter – Treino para a Vida, de Thomas Carter, com Samuel L. Jackson, Rob Brown, Ashanti, Rick Gonzalez.

Richmond, Califórnia, 1999. O dono de uma loja de artigos esportivos, Ken Carter (Samuel L. Jackson), aceita ser o técnico de basquete de sua antiga escola, onde conseguiu recordes e que fica em uma área pobre da cidade. Para surpresa de muitos ele impõe um rígido regime, em que os alunos que queriam participar do time tinham de assinar um contrato que incluía um comportamento respeitoso, modo adequado de se vestir e ter boas notas em todas as matérias. A resistência inicial dos jovens acaba e o time sob o comando de Carter vai se tornando imbatível. Quando o comportamento do time fica muito abaixo do desejável Carter descobre que muitos dos seus jogadores estão tendo um desempenho muito fraco nas salas de aula. Assim Carter toma uma atitude que espanta o time, o colégio e a comunidade.

Link: Fonte de pesquisa, cena do filme

Curta:

Paperman, de John Kahrs, com John Kahrs (George), Kari Wahlgren (Meg), Jeff Turley (O chefe).

O curta sobre a história de um jovem solitário na cidade de Nova Iorque do meio do século, cujo destino toma um rumo inesperado após um encontro casual com uma mulher bonita na ida ao trabalho pela manhã. Convencido de que a garota dos seus sonhos foi embora para sempre, ele ganha uma segunda chance quando a vê em uma janela de um arranha-céu na avenida de seu escritório. Com apenas o seu coração, imaginação e uma pilha de papéis para obter a sua atenção, seus esforços não são páreo para o que o destino tem reservado para ele. Levou o Oscar de Melhor Animação em 2013.

Link: Fonte de pesquisa, trailer

 

     E aí, o que achou das dicas? Comente! Na próxima semana: dicas de episódios de séries!

     Lembre-se de que está aberta a votação do Concurso Cultural “Mundo dos Arquivos”, participe!

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte 2

Deixe um comentário

No Mundo dos Arquivos de hoje damos continuidade às dicas de filmes que envolvem em seu enredo a questão da informação, bibliotecas, museus ou arquivos e que, às vezes, na emoção de assistir a uma produção cinematográfica, não prestamos atenção no quanto eles estão presente. Confira a lista:

Seven – Os sete crimes capitais, de David Fincher com Brad Pitt, Morgan Freeman, Gwyneth Paltrow

O filme conta a história de dois policias, o jovem e impetuoso David Mills (Brad Pitt), que passou cinco anos na divisão de homicídios, e o maduro, culto e prestes a reformar-se William “Smiley” Somerset (Morgan Freeman), que são encarregados de uma perigosa e intrigante investigação: um serial killer que baseia os seus assassinatos nos sete pecados capitais. Seven foi um trabalho importantíssimo na filmografia de David Fincher. Impulsionando o seu sucesso através da participação de um ator acarinhado pelo público, Brad Pitt, Seven permitiu a Fincher alcançar a desejada fama.

Links: fonte de pesquisa, trailer

Velozes e Furiosos 5 – Operação Rio, de Justin Lin com Vin Diesel, Jordana Brewster, Paul Walker, Matt Schulze, Joaquim de Almeida

Velozes e Furiosos 5, de Justin LinDominic Toretto (Vin Diesel) foi resgatado da prisão por sua irmã Mia (Jordana Brewster) e Brian O’Conner (Paul Walker), que realizam um ousado resgate sobre rodas. Logo em seguida, ele desaparece. Brian e Mia vão até o Rio de Janeiro, onde encontram Vince (Matt Schulze). Ele propõe ao casal o roubo de carros que estão sendo levados em um trem, algo que, segundo ele, será uma operação simples que renderá um bom lucro. Durante a operação, Dominic reaparece e diz à irmã que os planos mudaram. Ela então leva um dos carros a um esconderijo em plena favela carioca, deixando Dominic e Brian enfrentando policiais e bandidos. Ao desmontar o carro, o trio descobre que ele contém um chip com todas as operações ilegais de Hernan Reis (Joaquim de Almeida), incluindo onde guarda o dinheiro arrecadado. É o suficiente para que eles elaborem um plano para roubar a fortuna de Reis, contando com a ajuda de vários amigos.

Links: fonte de pesquisa, trailer.

O livro de Eli, de Albert Hughes e Allen Hughes com Denzel Washington, Mila Kunis, Gary Oldman

Em um futuro não muito distante, 30 anos após o término da última guerra. Eli (Denzel Washington) é um homem solitário, que percorre a América do Norte devastada. Ele apenas deseja paz, mas ao ser desafiado não foge à luta. Seu principal objetivo é proteger a esperança da humanidade, a qual guarda consigo há 30 anos, sendo que para tanto faz o que for preciso para sobreviver. O único que compreende seu intento é Carnegie (Gary Oldman), o autoproclamado déspota de uma cidade repleta de ladrões. Ao mesmo tempo Solara (Mila Kunis), a filha da companheira de Carnegie, fica fascinada com Eli pela possibilidade de que ele lhe mostre o que há além dos domínios que conhece. Só que Carnegie está disposto a impedir sua cruzada, para recuperar Solara e também conseguir o valioso objeto que Eli protege.

Links: fonte de pespquisa, trailler.

O Enigma da Pirâmide, de Barry Levinson com Nicholas Rowe, Sophie Ward, Anthony HigginsO Enigma da Pirâmide

Em 1870, na Londres vitoriana, pessoas são acometidas de alucinações em virtude de serem atingidas por um dardo, com as visões as levando à morte. É dentro deste contexto que Sherlock Holmes (Nicholas Rowe) e John Watson (Alan Cox) se conhecem, quando ainda são adolescentes e estudam em uma escola pública inglesa, sendo que nesta mesma época Holmes soluciona seu primeiro caso.

Links: fonte de pesquisa, trailer.

A vida secreta de Walter Mitty, de Ben Stiller com Ben Stiller, Kristen Wiig, Shirley MacLaine

Walter Mitty (Ben Stiller) é o responsável pelo departamento de arquivo e revelação de fotografias da tradicional revista Life. Ele é um homem tímido, levando uma vida simples, perdido em seus sonhos. Ao receber um pacote com negativos do importante fotógrafo Sean O’Connell (Sean Penn), ele percebe que está faltando uma foto. O problema é que trata-se justamente da foto escolhida para ser a capa da última edição da revista. É quando, Walter, com o apoio de Cheryl (Kristen Wiig) é obrigado a embarcar em uma verdadeira aventura.

Links: fonte de pesquisa,  trailer.

 

Sete Dias com Marilyn, de Simon Curtis com Michelle Williams, Eddie Redmayne, Julia Ormond

Sete Dias com MarilynNo verão de 1956, o jovem Colin Clark (Eddie Redmayne), vindo de Oxford em busca de sucesso na indústria do cinema, trabalhou como assistente no set de filmagem de O Príncipe Encantado. Esta produção reunia duas grandes estrelas, Sir Laurece Olivier (Kenneth Branagh) e Marilyn Monroe (Michelle Williams), que estava nesta época em lua-de-mel com seu novo marido, o dramaturgo Arthur Miller (Dougray Scott). Quase 40 anos mais tarde, foi publicado o diário de Miller, intitulado The Prince, The Showgirl and Me (“O Príncipe, a Vedete e Eu”), mas uma semana faltava, e estas páginas desaparecidas foram publicadas mais tarde com o título My Week With Marilyn (“Minha Semana com Marilyn”). Quando Arthur Miller deixa a Inglaterra, Colin decide mostrar a Marilyn os prazeres da vida britânica; esta torna-se uma semana idílica em que ele acompanhou uma estrela ansiosa para fugir dos holofotes de Hollywood e da pressão do trabalho.

Links: fonte para pesquisa, trailer.

Já assistiu algum deles? Identificou o Mundo dos Arquivos presente nas cenas? Faça seu comentário!

Lembramos que está em andamento o Concurso Cultural “Mundo dos Arquivos” e você pode participar enviando sua frase até o dia 11 de fevereiro!

Mundo dos Arquivos – Dicas de filmes Parte 1

Deixe um comentário

O “Mundo dos Arquivos” também é bastante presente nas telonas! Hoje indicamos seis flmes que tem em seu enredo passagens por arquivos e bibliotecas ou que os documentos são provas para o desfecho de algo, demonstrando como estes são imprescindíveis no dia a dia de nossas vidas!

No, de Pablo LarraínNo, de Pablo Larraín, com Gael García Bernal, Christopher Reeve, Jane Fonda

Em 1988, o ditador chileno Augusto Pinochet, diante da pressão internacional, convoca um referendo sobre o seu mandato. Os líderes da oposição convencem o jovem publicitário René Saavedra (Gael García Bernal) a liderar sua campanha. Com pouquíssimos recursos e permanente vigilância dos guardas de Pinochet, Saavedra e sua equipe criam um audacioso plano para vencer a eleição e libertar seu país da opressão.

Links: trailer, fonte de pesquisa.

Tropa de Elite 2 – O inimigo agora é outro, de José Padilha, com Wagner Moura, Irandhir Santos, André Ramiro, Milhem Cortaz, Sandro Rocha, Maria Ribeiro

Agora que o Capitão Nascimento virou Coronel, os inimigos dele ficaram bem mais perigosos. Dez anos se passaram e Nascimento cresceu na carreira: virou o comandante geral do BOPE e, depois, Sub Secretário de Inteligência. Com isso, o BOPE cresce e o tráfico de drogas começa a passar por maus bocados nas mãos do Coronel. Nessas, políticos e policiais corruptos se envolvem e tornam a vida de Nascimento um perigo.

Links: sitefonte de pesquisa.

A Supremacia Bourne, de Paul Greengrass, com Matt Damon, Franka Potente, Brian Cox, Julia Stiles, Joan Allen

Há 2 anos Jason Bourne (Matt Damon) achou que tivesse deixado para trás seu passado como assassino frio e calculista criado pela Treadstone. Desde então ele vem mantendo uma existência anônima, abrindo mão da estabilidade de ter um lar e se mudando com Marie (Franka Potente) sempre que surge a ameaça de ser descoberto. Quando um agente aparece na vila onde Jason e Marie vivem, eles não têm outra alternativa senão fugir. Porém um novo jogo internacional de perseguição faz com que Jason tenha que confrontar velhos inimigos.

Links: trailer, fonte de pesquisa.

O Ultimato Bourne, de Paul Greengrass, com Matt Damon, Franka Potente, Brian Cox, Julia Stiles, Joan Allen

O Ultimato Bourne, de Paul Greengrass

Jason Bourne (Matt Damon) é um homem que vive sem país e sem passado após ter sido submetido a um treinamento brutal, ao qual não se lembra, por pessoas que não conhece. Ele é uma sofisticada arma humana, perseguida incessantemente pela CIA. Após sua última aparição ele decidiu sumir para sempre e esquecer a vida que lhe foi roubada. Entretanto uma matéria em um jornal de Londres, que especula sobre sua existência, faz com que ele torne-se mais uma vez um alvo. O programa Treadstone, que criou Bourne, já não existe mais, mas serviu de base para o programa Blackbriar, desenvolvido pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos. O Blackbriar desenvolve uma geração de novos matadores treinados secretamente pelo governo, que acredita que Bourne é uma ameaça de US$ 30 milhões que deve ser eliminada de uma vez por todas. Já Bourne vê neles uma oportunidade de descobrir quem realmente é e o que fizeram com ele.

Links: trailer, fonte de pesquisa.

Na mira da morte, de Robert Crombie

Na mira da morte, de Robert Crombie, com Christian Slater, Sofya Skya, Cole Hauser

Uma bailarina russa é perseguida pela máfia depois que seu marido americano é morto. Depois do sumiço de alguns documentos importantes, ela é acusada e presa por policiais corruptos. Quando volta à liberdade, sua filha é seqüestrada e a bailarina é obrigada a lutar com todas as forças que tem por quem mais ama. Tudo se torna ainda mais complicado quando ela descobre que a ameaça vem de alguém muito próximo.

Links: trailer, fonte de pesquisa.

Coração de Tinta – O Livro Mágico, de Iain Softley, com Brendan Fraser, Paul Bettany, Helen Mirren, Andy Serkis, Eliza Bennett

Mo Folchart (Brendan Fraser) e sua filha Meggie (Eliza Bennett), de 12 anos, são apaixonados por livros. Desde pequena Meggie teve o hábito de leitura estimulado pelo pai, que trabalha como encadernador de livros. Além disto eles têm o poder de trazer à vida personagens dos livros caso o leia em voz alta, só que sempre que isto acontece uma pessoa real é inserida nos livros. Até que um dia, ao passear por um sebo, Mo ouve vozes de “Coração de Tinta”, um livro que não lhe traz boas recordações. Sua história possui castelos medievais e estranhas criaturas, com este universo tendo aprisionado a mãe de Meggie quando ela tinha apenas três anos. Mo sempre desejou encontrar o livro e salvar a esposa, mas agora precisa lidar também com o sequestro de Meggie por Capricórnio (Andy Serkis), que deseja dar vida a diversas criaturas malignas.

Links: fonte de pesquisa.

E aí, curtiu as dicas? Já assistiu algum dos filmes? Deixe suas percepções nos comentários! E claro, novamente convidamos para que você participe de nosso Concurso Cultural “Mundo dos Arquivos”, para saber mais clique aqui.

CineDebate APERS – Que bom te ver viva

1 Comentário

  Hoje chegamos ao final das postagens sobre o CineDebate APERS – Memória e Direitos Humanos falando do documentário “Que bom te ver viva”. Este foi um dos primeiros filmes realizados no Brasil pós-abertura política que aborda a luta armada, a tortura e os assassinatos que houve durante a ditadura civil militar no Brasil. É uma película feita em 1989 por Lúcia Murat, realizada através de depoimentos reais de oito ex-presas políticas que participaram nas ações das organizações clandestinas de 1960/70 e que participaram da luta armada.

  É um filme que trata a tortura a partir da perspectiva feminina, mostrando que elas sofreram violências sexuais, partos em detenção, partos depois de torturas e violências sexuais, e abortos por tortura e violências sexuais. A diretora mostrou que a tortura é uma experiência complexa e constrangedora que fica entranhada na mente e no corpo por toda a vida, impossível de esquecer. Enfim, é um filme que buscou compreender a conexão entre o passado e o presente, compreender como vivenciaram a tortura, como conseguiram sobreviver, e como conseguiram reorganizar suas vidas, reinserindo-se na sociedade brasileira

  No CineDebate este filme foi escolhido e debatido por Nilce Azevedo Cardoso, ex-presa política oriunda do partido Ação Popular (AP), atualmente psicopedagoga, professora e militante na área de Educação e Direitos Humanos. A escolha deste documentário foi interessante por dois motivos, pelo menos: um pelo fato dele concluir um ciclo de debates iniciado pelo filme Em teu Nome, cujo tema central foi o exílio, passando pelo documentário O dia que durou 21 anos, que retratou centralmente o apoio norte-americano no golpe militar de 64, e pelo documentário Jango, que traz o protagonismo do povo brasileiro no período efervescente que antecedeu o golpe e segue conduzido a partir da atuação emblemática de João Goulart. Ou seja, nestes filmes a prática da tortura, que imperou durante o regime civil militar, foi abordada de forma superficial, não tendo a centralidade que teve no filme Que bom te ver Viva. Já o outro motivo pelo qual considerei interessante a escolha feita por Nilce foi que o protagonismo era das mulheres, como ela. Bela síntese!

  Nilce finalizou sua abordagem buscando que o público refletisse. Fez então a “pergunta”: é possível esquecer a experiência da tortura? Ela cicatriza?

  Acreditamos que ainda temos muito a pensar e debater a respeito desse período. E nesse intuito, contem com o APERS!

CineDebate APERS – Jango

Deixe um comentário

     O documentário Jango, dirigido por Silvio Tendler, com narração de José Wilker, texto de Mauricio Dias e trilha sonora original de Milton Nascimento, exibe a trajetória pessoal de João Goulart, desde sua infância em São Borja, bem como sua vida política que se encerrou com sua deposição durante o Golpe de 1964. O filme conta também com depoimentos de pessoas ligadas a Jango como, Denize Goulart, filha do Ex-Presidente e Leonel Brizola, Ex-Governador do Rio Grande do Sul.

     Formado em Direito, Jango foi eleito Deputado Estadual em 1947, em 1950 Deputado Federal e, em seguida, Presidente Nacional do PTB. Com objetivo de injetar “sangue novo” na política brasileira, em 1953 Getúlio Vargas escolheu Jango para ser Ministro do Trabalho. Quando Juscelino Kubitschek foi o vencedor nas eleições de 1955, Jango trouxe consigo os votos dos trabalhistas e tornou-se vice-presidente. Em 1960 com a vitória de Jânio Quadros, Jango foi novamente eleito vice-presidente. Foi neste período que iniciou uma campanha de não alinhamento, estreitando os laços com países que o Brasil não mantinha contato, como por exemplo, a China. E foi durante uma viagem a este país que, em 25 de agosto de 1961, Jango recebeu a notícia da renúncia de Jânio.

     Em seu depoimento, Leonel Brizola conta que quando soube da renuncia de Jânio, procurou medidas que garantissem a posse de Jango na Presidência da República. Leonel Brizola deu início à campanha da Legalidade mobilizando toda a população gaúcha. Através dos meios de comunicação informava a opinião pública do estado e do país, no sentido de legitimar a posse de Jango, que assumiu a presidência em 08 de setembro de 1961.

     O documentário destaca o comício de 13 de março de 1964, na Central do Brasil no Rio de Janeiro, onde Jango defendeu a reforma da Constituição e a implantação de reformas de base, que abrangiam as reformas tributária, educacional e agrária, o direito do voto pelo analfabeto e a desapropriação de terras em torno de rodovias e ferrovias. Estas reformas, que não agradaram os opositores de Jango e o acusavam de ser desrespeitoso com as leis do país, acabaram por determinar a derrubada de João Goulart obrigando-o a exilar-se no Uruguai e mais tarde, na Argentina.

     Solon Viola, ex-preso político e atualmente professor da UNISINOS, iniciou o debate descrevendo o contexto histórico que o Brasil atravessava, mais especificamente, sobre as articulações que antecederam o Golpe de 64. O Professor relatou que nos dias que precederam a queda de Jango, seu pai, que distribuía panfletos para ferroviários, percebendo o clima de tensão, o proibiu de ir à escola.

     Questionamentos acerca do que teria acontecido se Jango tivesse resistido foram os mais frequentes durante o debate. Jango permaneceria na presidência? Ocorreria um derramamento de sangue?  Um oficial da marinha brasileira, conta no documentário, que o Brasil poderia resistir por pouco tempo, mas que os navios americanos aportados na costa brasileira “entrariam em ação” desencadeando uma guerra civil. Viola fez um paralelo com o processo de implantação do regime ditatorial no Chile, quando os militares apoiadores de Allende foram massacrados, e ressaltou que no Brasil o processo foi “mais ameno”.

     Segundo Solon, o interesse econômico das empresas, que almejavam se associar ao capital internacional, beneficiando-se de tecnologia estrangeira, foi um impulso para o Golpe. Porém, esta aliança deveria ser avaliada com mais cautela, já que aquelas empresas que não se adequassem ao novo sistema corriam o risco de serem eliminadas.

     O público presente na terceira noite do CineDebate, além de assistir um filme sobre a trajetória política de João Goulart entrelaçada com sua vida pessoal, presenciou um debate enriquecedor que certamente contribuiu para o resgate da memória relacionada ao período da ditadura civil-militar brasileira.

 

Artigos relacionados:

CineDebate APERS – Em Teu Nome

CineDebate APERS – O Dia que Durou 21 anos

Older Entries

%d blogueiros gostam disto: