PreservAPERS – Treinamento de Combate a Incêndios

1 Comentário

    No dia 27 de novembro de 2015, foi realizado no APERS, um Treinamento de Combate a Incêndios, que foi ministrado pelo Senhor Coronel da Legião Altiva da BM/RS, Sérgio Pastl, de forma voluntária.

    O evento faz parte do conjunto de ações do PreservAPERS e participaram da atividade todos os servidores, estagiários e terceirizados, lotados no Arquivo Público. O treinamento teve atividades práticas com bastante envolvimento dos participantes, como mostram as fotos anexas.

PreservAPERS: relatório 2013

Deixe um comentário

logo-campanhaO Núcleo de Preservação do Arquivo Público do RS – PreservAPERS, tem por objetivos prestar assessoria e elaborar as diretrizes referentes a preservação de acervos, desenvolvendo atividades mini e maximalistas desde o cuidado com a unidade documental até as questões de preservação dos prédios de custódia de acervos. Abaixo apresentamos as principais atividades implementadas no ano de 2013:

– Realização do treinamento anual para todos os funcionários e estagiários do APERS, que teve como tema o Controle de insetos em Arquivos e Bibliotecas, além da apresentação das regras de conservação preventiva existentes no Arquivo;

– Combate ao ataque de insetos nos acervos: em abril de 2013 foi solicitado ao Departamento de Administração do Centro Administrativo Fernando Ferrari (DCAFF) um tratamento específico para combate as brocas nos acervos armazenados nos Prédios I e II do APERS, para tanto, foi elaborado um documento justificando os danos causados por esses insetos e a forma de combatê-los. Em setembro começaram as primeiras ações de combate as brocas pela empresa terceirizada sempre com o acompanhamento da equipe do PreservAPERS;

– Orientação e definição quanto à forma de execução de reparos nos documentos. Em 2013 foram reparados mais de 2.095 documentos entre processos e livros;

– Monitoramento dos prédios, através de vistorias, para verificar limpeza de pisos e mobiliários; e após chuvas examinando a existência de problemas como: goteiras, infiltrações, ralos sujos, entre outros que possam causar alagamentos nos acervos, solicitando providências quando necessário, atuando de forma preventiva;

– Monitoramento do controle ambiental: mensalmente é realizado o registro da temperatura e umidade relativa do ar para elaboração de um gráfico anual, que registra as condições ambientais nos acervos e serve de base para solicitação de manutenção ao DCAFF quando necessário;

– Atualização dos murais de preservação existentes nos Prédios II e III, que visa divulgar as regras de conservação preventiva do APERS e difundir informações da área de preservação de acervos e combate a incêndio.

– Realização de pareceres técnicos:

a) Visita técnica a Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS): devido ao desastre ocorrido na Zona Norte de Porto Alegre onde houve grandes alagamentos que inundaram os acervos da Federação. Na visita foram passadas as orientações necessárias para o salvamento dos acervos;

b) Visita Técnica ao Memorial do Judiciário: elaboração de orçamento para montagem de um Laboratório de restauração e encadernação nas dependências do APERS em parceria com o Memorial Judiciário, visando a recuperação dos acervos de ambas as instituições;

– Intermediação e acompanhamento junto ao Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF) para licitação e contratação de uma empresa terceirizada para manutenção das câmeras de vigilância do APERS e acompanhamento dos trabalhos de manutenção realizados pela empresa contratada – Proservi Sistemas de Monitoramento;

– Adaptação do Projeto Conservação Preventiva para lançamento junto a Fundação MAPFRE visando a busca de patrocínio para implementação do Projeto. O resultado saiu em novembro e o projeto não foi contemplado neste edital;

– Plano de Prevenção e Combate a Incêndio – PPCI: participação no curso de brigadista do APERS, participação mensal em reuniões e treinamentos continuados. A equipe de brigadista desenvolveu um relatório visando apontar necessidades de melhorias para o Arquivo Público, apontando adaptações e equipamentos necessários para prevenção e combate a incêndio, bem como buscou treinamento específico para os funcionários do APERS. Acompanhamento do treinamento de combate a incêndio para todos os funcionários do Arquivo, visando a prevenção de incêndios. Ressaltamos que o PPCI do APERS será objeto de licitação por parte da Secretaria de Obras, estando no momento em fase de levantamento de orçamentos. A aprovação do PPCI está previsto para meados de 2014.

Equipe envolvida com essa atividade: Maria Lúcia Souto e Rosemeri Iensen.

APERS realiza treinamento interno de conservação preventiva

Deixe um comentário

   Nos dias 15 e 17 de maio de 2013, o APERS realizou o Treinamento Interno de Conservação Preventiva que teve como tema “O Controle de Insetos em Arquivos e Bibliotecas” ministrado pela conservadora-restauradora da Instituição, Maria Lucia Ricardo Souto. Durante a palestra foram abordados assuntos, como: agentes biológicos que destroem os acervos, formas de ataques aos documentos, ações de combates aos insetos e as medidas de conservação preventiva que são regras adotadas pelo Arquivo para a preservação de seus acervos.

  O Arquivo Público possui uma rotina de treinamentos que tratam de preservação e conservação de acervos buscando conscientizar funcionários, prestadores de serviços e estagiários sobre a importância da preservação dos documentos para as futuras gerações.

   Para mais informações sobre preservação de documentos clique aqui.

Ações PreservAPERS

Deixe um comentário

   Com objetivo de conscientizar funcionários e usuários sobre a importância da preservação dos acervos custodiados pelo APERS foi lançada em 2011 a campanha PreservAPERS. Dessa forma, tendo em vista o contínuo acesso às fontes primárias de pesquisa e algumas melhorias na Sala de Pesquisa, o Núcleo de Preservação juntamente com a Divisão de Documentação e a Associação dos Amigos do Arquivo Público realizou algumas ações no primeiro semestre de 2012, conforme segue:

  • Elaboração do folder Regras da Sala de Pesquisa;
  • Instalação de mural para veiculação de orientações sobre preservação;
  • Colocação de instruções visuais sobre preservação nas mesas de pesquisa;
  • Substituição dos molha dedos, a fim de incentivar o manuseio correto dos documentos;
  • Instalação de câmeras de vigilância que servem para monitoramento dos ambientes em tempo real gravando imagens diárias, que ficam armazenadas por um determinado período, podendo ser recuperadas quando necessárias.

   Além disso, os atendentes da sala de pesquisa são instruídos a sempre entregar o folder com as Regras da Sala de Pesquisa, o qual orienta desde medidas corretas sobre o manuseio dos documentos até a forma de solicitação de documentos para pesquisa. O PreservAPERS está sempre buscando conscientizar sobre a importância de se preservar a memória do Estado do Estado do Rio Grande do Sul.

Este slideshow necessita de JavaScript.

ATIVIDADES APERS: Preservação

Deixe um comentário

      O APERS possui o núcleo de preservação, que tem por objetivo planejar e implementar ações na área de conservação documental e predial, bem como na segurança das pessoas e dos espaços que compõem o conjunto arquitetônico da instituição, através do PreservAPERS. A equipe é formada por arquivistas, conservadora-restauradora e encadernadores.

       As principais atividades desenvolvidas pela equipe são:

  • Realizar diagnósticos sobre preservação;
  • Elaborar políticas de preservação do APERS;
  • Elaborar projetos na área de preservação e captar recursos junto a entidades patrocinadoras;
  • Realizar estudos sobre acervos a serem recuperados, bem como reparar os documentos já danificados;
  • Realizar a encadernação de livros danificados;
  • Realizar o controle ambiental dos acervos (temperatura e umidade relativa do ar);
  • Monitorar o controle de pragas nos acervos, através de rotinas de desratização e desinsetização;
  • Manter uma rotina de manutenção predial, assim como vistorias da limpeza de telhados, calhas e ralos;
  • Divulgar e conscientizar as pessoas sobre o tema de preservação, por meio de murais, palestras e orientações gerais.

       Conheça a equipe!

Conservação do Prédio II do APERS

Deixe um comentário

  No mês de dezembro de 2011 foram tomadas algumas medidas para conservação do Prédio II do APERS. Desse modo, foi realizada a troca de mais de 200 (duzentas) telhas danificadas, limpeza e conserto das telas de proteção das calhas para evitar o entupimento das calhas e infiltração de água pelas laterais do prédio em dia de chuva intensa.

  Uma das recomendações para a preservação dos acervos é a manutenção das instalações prediais, assim como a limpeza periódica de calhas e ralos, a fim de evitar desastres que possam vir a acontecer por falta de manutenção. Ciente dessa preocupação, o APERS tem realizado ao longo dos anos, um conjunto de ações na área de preservação e em 2012 estima-se que outras medidas de conservação e segurança deverão ser criadas ou aperfeiçoadas.

  Cabe ressaltar, que por medida de segurança das pessoas que circulam pelo Prédio II, os trilhos das escadas móveis foram pintados em amarelo, para evitar possíveis acidentes com visitantes, bem como com os servidores da instituição.

Projeto de Segurança Preventiva do APERS é assinado

Deixe um comentário

   Foi assinado, na tarde desta segunda-feira (12), o contrato do Projeto de Segurança Preventiva do Arquivo Público do Rio Grande do Sul (APERS). A Caixa Econômica Federal (CAIXA) é patrocinadora do projeto. O conjunto Arquitetônico do Arquivo Público tem área total de 5.300 metros quadrados, e guarda cerca de 18 milhões de documentos do Estado.

    A CAIXA concedeu patrocínio no valor de 50 mil reais para a instalação de um sistema de circuito fechado de televisão digital, composto por 39 câmeras de vídeo em pontos estratégicos do APERS, conforme estudo realizado anteriormente.

   As imagens captadas pelas câmeras serão monitoradas em tempo real pelo serviço de vigilância do APERS e ficarão gravadas em servidores por um determinado período, podendo ser consultadas sempre que necessário localmente ou via internet. No interior dos acervos serão instaladas câmeras com dispositivos infravermelhos os quais capturarão qualquer movimento mesmo que no escuro.

   A solenidade contou com a participação da diretora do APERS, Isabel Oliveira Perna Almeida, do superintendente regional da CAIXA, Ruben Danilo de Albuquerque, com o presidente da Associação de Amigos do APERS, Bruno Stelmach Pessi e com o secretário adjunto da Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos (SARH) Leonardo Kauer, além dos demais convidados.

    Saiba mais.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Older Entries

%d blogueiros gostam disto: