A gestão documental no PROA é assunto de palestra na XIV SAA/UFSM

Deixe um comentário

   O Curso de Arquivologia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) está promovendo sua XIV Semana Acadêmica e no dia 08 de novembro o arquivista do APERS, Jonas Ferrigolo Melo esteve presente no evento.

2016-11-08-palestra-na-ufsm-foto-fernanda-pedrazzi Jonas participou de apresentações em duas mesas: “Legados do Congresso Nacional de Arquivologia”, com Débora Flores e Gilberto Viana e “A gestão documental em sistemas de processos administrativos eletrônicos: caso UFSM e PROA/RS”, com Débora Flores.

   A Semana Acadêmica acontece até o dia 11 de novembro, no Prédio 74 do Centro de Ciências Sociais e Humanas da UFSM.

Anúncios

Oficina de Educação Patrimonial do PEP UFRGS-APERS é realizada na UNIVATES

Deixe um comentário

Na última sexta-feira, 18 de setembro, o Arquivo Público do RS marcou presença na UNIVATES, universidade localizada na cidade de Lajeado. A convite da professora Márcia Volkmer, que atua no curso de História especialmente nas áreas de Ensino de História, imigração, patrimônio cultural e acervos, parte de nossa equipe do Programa de Educação Patrimonial UFRGS-APERS esteve na instituição aplicando a oficina “Resistência em Arquivo: patrimônio, ditadura e direitos humanos”, oferecida no Arquivo Público desde o segundo semestre de 2013.

As servidoras Clarissa Sommer e Nôva Brando, a estagiária Deise Freitas e a bolsista da UFRGS Andressa Malhão foram recebidas pelas professoras Márcia e Maribel Girelli, coordenadora do curso de História, e desenvolveram a atividade ao longo da tarde com professores e estudantes dos cursos de História, Direito e Letras.

A oficina compôs a programação da Semana Acadêmica do Centro de Ciências Humanas e Sociais, integrada ao IV Simpósio Internacional Diálogos na Contemporaneidade. Na oportunidade foi possível debater, a partir dos processos administrativos de indenização a ex-presos políticos que são pesquisados durante a oficina, sobre a importância do acesso aos arquivos relacionados ao contexto da ditadura no Brasil, e sobre as potencialidades desse acervo salvaguardado pelo APERS, tanto para a pesquisa histórica e a garantia de direitos aos cidadãos quanto para usos educativos.

O estudo a partir das trajetórias de vida de militantes, registradas nas páginas dos processos, possibilita conhecer mais a respeito do contexto, entender formas de repressão e de resistência, assim como tomar consciência das violações de Direitos Humanos perpetradas pelo Estado ditatorial, para que não se esqueça e para que nunca mais aconteça! Agradecemos a oportunidade de trocar experiências e de seguir difundindo o acervo e o trabalho do Arquivo Público. Estamos sempre dispostos a participar de momentos como estes. Confira as fotos.

APERS na Semana Acadêmica da Arquivologia da UFSM

Deixe um comentário

APERS na UFSMNesta semana, de 15 a 19 de setembro, acontece a Semana Acadêmica do Curso de Arquivologia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) com o tema “Revolução Arquivística: Arquivologia no Rio Grande do Sul, o profissional arquivista e a nossa história”. O evento tem o apoio do Diretório Acadêmico do Curso de Arquivologia (Dacar) e da Associação dos Arquivistas do Rio Grande do Sul (AARS), e a programação inclui dinâmicas, palestras, mesas redondas, oficinas e apresentações de trabalhos.

No dia 15 de setembro o Arquivo Público do RS foi representado pela Arquivista Chefe da Divisão de Pesquisas e Projetos, Maria Cristina Kneipp Fernandes na mesa “Instituições Arquivísticas, políticas e medidas tomadas no acervo”. Esta mesa contou ainda com a presença da arquivista Francieli Merlo da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, e na oportunidade as profissionais dividiram como os alunos experiências profissionais e debateram a atuação do arquivista em suas instituições.

APERS na UFSM (1).APERS na UFSM (2)

Participação do APERS na X Semana Acadêmica do Curso de Arquivologia/UFSM

Deixe um comentário

     Na semana de 15 a 19 de outubro de 2012 foi realizada a X Semana Acadêmica do Curso de Arquivologia/UFSM, no auditório do CCSH, com a temática “Acesso à informação e democracia: para quem?”.

    O Arquivo Público do RS foi convidado para participar e, no dia 16 de outubro, a arquivista Renata Pacheco de Vasconcellos apresentou o trabalho “Aplicação da Norma ISDIAH no APERS”.

      Em maio de 2012 foi publicada a ISDIAH APERS, baseada na análise da norma, uma vez que ao realizarmos o mapeamento não encontramos a aplicação da mesma por outras instituições. A apresentação deste estudo aos acadêmicos buscou estimulá-los à pesquisa a partir de um caso prático de aplicação da norma, o qual servirá de exemplo para instrumentos descritivos futuros.

     Acesse a apresentação clicando aqui.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Semana Acadêmica da História debate questão indígena

Deixe um comentário

   Entre os dias 21 e 25 de maio o APERS sediou a Semana Acadêmica da História/UFRGS, que trouxe para a pauta a História Indígena e diversos debates que estão intimamente ligados a esta vertente dos estudos históricos. O evento, intitulado “Todo o dia é dia do Índio”, contou com ampla adesão dos alunos e alunas do Curso de História, que lotaram o Auditório Marcos Justo Tramontini a cada turno de atividades.

   Os debates suscitados pelo grupo organizador da Semana foram bastante diversos: contribuições da antropologia e da arqueologia para a construção de uma história indígena; literatura e diversidade lingüística; direitos à terra e à cultura; educação indígena; movimentos e reivindicações indígenas atuais na América Latina e no Brasil; historiografia e possibilidades de pesquisa nesta área.

   Todos os palestrantes convidados demonstraram satisfação em participar de um evento de grande qualidade organizado por acadêmicos, que levantou questões atuais e centrais para a realidade de nosso país. Aos que acompanharam todo o evento ficou evidente o quanto se interligavam as mesas de debate, e o quanto a luta indígena por reconhecimento, direito à terra e à manutenção de seu modo de vida e cultura, igualdade e respeito deve ser encarada como a expressão de diversas contradições ainda hoje vivenciadas no Brasil.

  Outro ponto comum às falas foi a clareza da necessidade de aprendermos com os povos originários para juntos construirmos uma nova concepção de relação com a natureza e seus recursos, hoje tão deteriorados por nossas formas de produção e consumo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Semana Acadêmica da História/UFRGS: Todo dia é dia do Índio

Deixe um comentário

     O Arquivo Público do RS está apoiando a realização da Semana Acadêmica do curso de História da UFRGS, intitulada Todo dia é dia do Índio. Esta é uma iniciativa dos estudantes organizada e promovida com o apoio do CHIST (Centro dos Estudantes de História/UFRGS), do APERS, do Museu da UFRGS e do IFCH/UFRGS.

     As atividades ocorrerão no Auditório Marcos Justo Tramontini, andar térreo do APERS (Rua Riachuelo, 1031, Centro de Porto Alegre) entre os dias 21 e 25 de maio. Consulte a programação completa no Blog do CHIST e para fazer sua inscrição clique aqui.

Exposição “História da política indigenista”

Deixe um comentário

     Durante o mês de maio a exposição “História da política indigenista” ocorre no Espaço Joel Abílio Pinto dos Santos, no andar térreo do APERS.

     A exposição, composta por 20 banners, retrata o surgimento do serviço de proteção ao índio ocorrido em 1961, a história das políticas públicas de atendimento a população indígena e algumas iniciativas da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Segurança Urbana dedicadas à preservação das etnias Mybiá-Guarani, Caigangue e Charrua.

     O APERS teve a iniciativa de buscar esta exposição junto à Seção de Memorial da Câmara Municipal de Porto Alegre a fim de complementar a Semana Acadêmica do Curso de História/UFRGS. Com o tema “Todo o dia é dia de Índio”, a semana é promovida pelo Centro dos Estudantes de História da UFRGS (CHIST) com o apoio do APERS e ocorrerá entre os dias 21 e 25 de maio.

%d blogueiros gostam disto: