O Arquivo Público do Estado do RS participou do II Encontro sobre o Ensino de Preservação, através da conservadora-restauradora Maria Lúcia Ricardo Souto. O evento ocorreu nos dias 09 a 11 de julho, na cidade do Rio de Janeiro, sendo promovido pela Faculdade de Biblioteconomia da UNIRIO, em comemoração aos 100 anos da criação do curso no país.

     Participaram do evento estudantes dos cursos de Biblioteconomia e Arquivologia, professores e profissionais de importantes instituições voltadas para a preservação de acervos de memória, como o Arquivo Nacional, Fundação Oswaldo Cruz, Museu de Astronomia e Ciências Afins – MAST, Associação Brasileira de Encadernação e Restauro – ABER, Biblioteca Nacional e Fundação Casa de Rui Barbosa, entre outros.

     Foi debatido o ensino da preservação na formação de gestores de preservação de acervos de memória; o diálogo, ética e responsabilidades entre o bibliotecário, o restaurador e a preservação de acervos; a preservação como disciplina do ensino técnico, de graduação e pós-graduação; o tráfico ilícito e a segurança de tesouros bibliográficos e documentais e o futuro do ensino de preservação nos cursos de Biblioteconomia e Arquivologia na cidade do Rio de Janeiro.

     Entre as recomendações votadas no II Encontro e que podem ser aplicadas em outras instituições estão: a obrigatoriedade do ensino de preservação no curso de Biblioteconomia da UNIRIO que hoje é opcional, a criação de uma matriz curricular comum a todas as instituições de ensino; o enfoque na conservação preventiva para a preservação dos acervos ao invés da restauração; a interdisciplinaridade entre o conservador-restaurador e outros profissionais para determinar as necessidades e intervenções a serem realizadas no acervo, e a importância da elaboração de uma política de segurança institucional visando inibir o tráfico ilícito de obras.

Anúncios