APERS participou do evento “Arquivos e Governança”

Deixe um comentário

    Na última segunda-feira (14), o Arquivo Público do Rio Grande do Sul (APERS) participou do evento “Arquivos e Governança”, promovido pelo Centro de Estudos Internacionais sobre Governo (CEGOV) e Programa de Aperfeiçoamento, Pesquisa e Estudos em Arquivos (PAPEArq) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

    O encontro visou aproximar a comunidade em geral da ideia de governança arquivística e proporcionou espaço para o debate de experiências em curso referentes aos estados participantes.

    Após a abertura, o evento teve a participação do Prof. José Maria Jardim (UNIRIO), que palestrou sobre a temática central e, à tarde, ocorreram as Mesas Redondas, com o compartilhamento de experiências.

    Sobre o tema Sistema de Arquivos, a arquivista do APERS Maria Cristina Kneipp Fernandes explanou sobre o Sistema de Arquivos do Estado do Rio Grande do Sul – SIARQ/RS, apresentando um histórico das principais funções desempenhadas e normativas elaboradas.

   Da mesma temática foram expostas práticas e resultados da Superintendente de Gestão Documental do Mato Grosso do Sul e, sobre Observatórios, houve apresentações do Observatório dos Arquivos da Região Metropolitana de Belo Horizonte, e apresentado o projeto do Observatório de Arquivos do Rio Grande do Sul, em desenvolvimento pelo PAPEArq.

 

Participe do evento Arquivos e Governança

Deixe um comentário

PAPEARQ - Arquivos e Governança_promotores data local

Acontecerá, no dia 14 de agosto, das 10h às 18h, o evento Arquivos e Governança, que tem como objetivo aproximar a comunidade em geral da ideia de governança arquivística, apontando caminhos a respeito deste conceito e traçando perspectivas efetivas através das quais atores sociais podem se engajar na construção de políticas arquivísticas. O encontro será sediado pelo Auditório Nascente do Prédio Centenário da Escola de Engenharia (Praça Argentina, 9 – Campus Centro) e é aberto ao público

O evento é organizado pelo Centro de Estudos Internacionais sobre Governo (CEGOV) através do Programa de Aperfeiçoamento, Pesquisa e Estudos em Arquivos (PAPEArq), com apoio do Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul (APERS) e Associação dos Arquivistas do Rio Grande do Sul (AARS). A programação conta com o prof. José Maria Jardim (UNIRIO), que palestrará sobre a temática central, além de um espaço para o debate de experiências em curso referentes aos estados do Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais.

No dia, haverá também transmissão online das atividades. Interessados devem efetuar inscrição prévia pelo link disponibilizado. Demais informações e a programação completa podem ser acessadas no site do CEGOV.

PAPEARQ - Arquivos e Governança_Programação

PAPEARQ - Arquivos e Governança_promotores

II Encontro sobre o Ensino de Preservação

Deixe um comentário

     O Arquivo Público do Estado do RS participou do II Encontro sobre o Ensino de Preservação, através da conservadora-restauradora Maria Lúcia Ricardo Souto. O evento ocorreu nos dias 09 a 11 de julho, na cidade do Rio de Janeiro, sendo promovido pela Faculdade de Biblioteconomia da UNIRIO, em comemoração aos 100 anos da criação do curso no país.

     Participaram do evento estudantes dos cursos de Biblioteconomia e Arquivologia, professores e profissionais de importantes instituições voltadas para a preservação de acervos de memória, como o Arquivo Nacional, Fundação Oswaldo Cruz, Museu de Astronomia e Ciências Afins – MAST, Associação Brasileira de Encadernação e Restauro – ABER, Biblioteca Nacional e Fundação Casa de Rui Barbosa, entre outros.

     Foi debatido o ensino da preservação na formação de gestores de preservação de acervos de memória; o diálogo, ética e responsabilidades entre o bibliotecário, o restaurador e a preservação de acervos; a preservação como disciplina do ensino técnico, de graduação e pós-graduação; o tráfico ilícito e a segurança de tesouros bibliográficos e documentais e o futuro do ensino de preservação nos cursos de Biblioteconomia e Arquivologia na cidade do Rio de Janeiro.

     Entre as recomendações votadas no II Encontro e que podem ser aplicadas em outras instituições estão: a obrigatoriedade do ensino de preservação no curso de Biblioteconomia da UNIRIO que hoje é opcional, a criação de uma matriz curricular comum a todas as instituições de ensino; o enfoque na conservação preventiva para a preservação dos acervos ao invés da restauração; a interdisciplinaridade entre o conservador-restaurador e outros profissionais para determinar as necessidades e intervenções a serem realizadas no acervo, e a importância da elaboração de uma política de segurança institucional visando inibir o tráfico ilícito de obras.

%d blogueiros gostam disto: