Semana do Servidor Público

Deixe um comentário

      Durante a Semana do Servidor Público, de 24 a 30 de outubro, o Governo do Estado oferece aos servidores diversas atividades, como oficinas, palestras, shows e passeios a parques e prédios históricos de Porto Alegre.

     O APERS promoveu duas atividades, realizadas em suas dependências:

     Dia 25/10 – Oficina de Educação Patrimonial: contou com a participação de 10 servidores, que puderam vivenciar como funciona esta oficina, que normalmente é feita com estudantes do ensino fundamental.

     Dia 26/10 – Visita Guiada: 11 servidores receberam informações, puderam conhecer o conjunto arquitetônico e os acervos que preservam a história de nosso Estado. A visita foi realizada pelas servidoras: Maria Lúcia Souto e Silvia Soares.

     Tanto a Oficina de Educação Patrimonial, quanto a Visita Guiada são atividades permanentes oferecidas à comunidade pelo APERS. Para mais informação clique aqui.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Realizada a I Conferência Nacional de Arquivos Etapa Regional Sul – I CNARQ-Sul

Deixe um comentário

     Conforme já vínhamos noticiando no blog, o Arquivo Público participou ativamente da organização da I Conferência Nacional de Arquivos – Etapa Regional Sul, que aconteceu nos dias 21 e 22 de outubro em Porto Alegre/RS. Apesar do pouco tempo para organizar e fazer a divulgação, e mesmo com as dificuldades para locomoção dos participantes de Santa Catarina e Paraná, a I CNARQ-Sul foi vitoriosa: tivemos cerca de 120 inscritos com representantes de todos os Estados, e compareceram nas reuniões dos Grupos de Trabalho e na Plenária Final 67 participantes e 24 observadores.

     A Mesa de Abertura, realizada na noite de 21 de outubro, contou com a presença de representantes dos três Estados da Região: a Secretária de Administração e Recursos Humanos do Estado do RS, Sra. Stela Farias; a Coordenadora da Divisão de Preservação do Arquivo Público do Paraná, Sra. Márcia Doré; e a Coordenadora do Curso de Arquivologia da Universidade Federal de Santa Catarina, Sra. Eliana Bahia.

     O Painel “Por uma política nacional de Arquivos: a importância e o papel da I Conferência Nacional de Arquivos” foi realizado pelas componentes da Comissão Organizadora Nacional Karine Georg Dressler e Débora Pariz. Após o Painel, a Presidente das plenárias, Sra. Maria do Rocio Fontoura Teixeira (coordenadora do Curso de Arquivologia da UFRGS) efetuou a leitura do Regimento da Conferência e abriu espaço definições e esclarecimentos.

     No sábado, 22 de outubro, após intensos debates, foram escolhidas as 18 propostas da I CNARQ-Sul que, juntamente aos delegados eleitos, farão parte da I Conferência Nacional de Arquivos – Etapa Nacional, que ocorrerá em Brasília entre os dias 15 e 17 de dezembro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Saiba mais.

Concurso Cultural Dia Nacional da Consciência Negra

Deixe um comentário

     A valorização da cultura negra em espaços que permitam a reflexão crítica sobre os seus valores culturais, morais e sociais devem ser estimulados. Neste sentido, a Assembleia Geral das Nações Unidas em sua 64ª sessão declarou 2011 como o Ano Internacional dos Afrodescendentes.

    De acordo com o relatório da Assembleia, a intenção é “fortalecer as medidas nacionais e a cooperação regional e internacional em benefício dos afrodescendentes em relação ao gozo pleno de seus direitos econômicos, culturais, sociais, civis e políticos, sua participação e integração em todos os aspectos políticos, econômicos, sociais e culturais da sociedade, e a promoção de um maior conhecimento e respeito à diversidade de sua herança e sua cultura”.

    No Brasil, o dia 20 de novembro é considerado o Dia Nacional da Consciência Negra. Para celebrar esta data, o APERS promove um concurso cultural para valorizar a cultura afrodescendente.

     Para participar basta enviar ao APERS uma frase de até 300 caracteres sobre o que representa o Dia Nacional da Consciência Negra para você e para o Brasil.

     As três melhores frases selecionadas farão parte de um painel que será exposto no Espaço Joel Abílio Pinto dos Santos (sala de exposições do APERS) e irão à votação no blog. O autor ou autora da frase mais votada ganhará as publicações das últimas Mostras de Pesquisa do APERS e outros brindes!

 

Regras:

Frase: deve ser redigida em português padrão com até 300 caracteres

Quem pode participar: tod@s, exceto a comissão organizadora.

Endereço para envio: email divulga-apers@sarh.rs.gov.br

Período de envio: de 20.10 a 10.11

Período de votação da melhor frase:11.11 a18.11

Divulgação resultado: 19.11

 

Saiba mais sobre a temática em:

Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

Fundação Cultural Palmares.

 

Participe!

20 de outubro – Dia do Arquivista

1 Comentário

     Em comemoração ao Dia do Arquivista o APERS parabeniza todos os profissionais da área, em especial aos arquivistas do Estado.

      “A data de 20 de outubro foi dedicada aos profissionais de arquivo porque neste dia no ano de 1823, foi prevista no projeto da constituinte, a existência de um Arquivo Público no Brasil por proposição do deputado Pedro de Araújo Lima, futuro Marquês de Olinda.” (AAERJ, 2010)

      O Arquivista é o responsável pelo gerenciamento da informação, gestão documental, conservação, preservação e disseminação da informação contida nos documentos, visando à preservação do patrimônio documental.

      No Estado, além do gerenciamento da informação, atuamos na programação e organização de atividades culturais que estimulem a valorização do patrimônio documental.

      PARABÉNS ARQUIVISTA!!!!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Visitas Guiadas

Deixe um comentário

    Entre os dias 10 e 18 de outubro recebemos os seguintes visitantes:

    Dia 10.10: sete acadêmicos do 1º semestre do Curso de Biblioteconomia da UFRGS, realizaram visita guiada ao conjunto arquitetônico do APERS. Para os acadêmicos o ponto de maior interesse foi a forma como o APERS gerencia as informações custodiadas.

    Dia 15.10: as acadêmicas da UFRGS Andréia Burgo Pires, do 4º semestre do Curso de Arquivologia, e Daiane Michele do Prado Arrojo, 2º semestre de Museologia.

    Dia 17.10: a historiadora Laura Ferrazza de Lima e o jornalista José Francisco Hillal Botelho.

    Dia 18.10: 26 acadêmicos do 4º semestre do Curso de Biblioteconomia da UFRGS. A visita aconteceu como parte da disciplina de Gestão de Ambientes de Unidades de Informação. O grupo destacou o interesse por verificar as condições arquitetônicas do APERS em relação à preservação de documentos.

Reunião sobre os eixos temáticos da I CNARQ – Etapa Regional Sul

Deixe um comentário

    No último dia 13, os arquivistas do Estado, lotados em Porto Alegre, reuniram-se no Auditório Marco Justo Tramontini do APERS, para discutirem sobre os eixos temáticos da I CNARQ. A reunião ocorreu por incentivo do APERS para que os participantes possam aprimorar suas propostas para a I CNARQ – Etapa Regional Sul, que ocorrerá nos dias 21 e 22 de outubro.

    Durante a discussão sobre os eixos temáticos, foram levantadas as necessidades e melhorias no âmbito dos arquivos, voltando às ações de forma a abranger as políticas de preservação do patrimônio documental como um todo. Um dos pontos levantados foi à importância de discutir e propor mecanismos que possibilitem que a legislação arquivística seja cumprida de fato.

Mocambo Zines

Deixe um comentário

  De 08/10 à 07/11 os quadrinistas Walter Pax, João “Azeitona” Vieira e Mateus Santolouco, fundadores da Mocambo Zines, mostram parte do seu trabalho na sala Joel Abílio Pinto dos Santos, andar térreo do Arquivo Público do Estado. Vale apena conferir!


Abertas inscrições para a I CNARQ – Etapa Regional Sul

Deixe um comentário

Para fazer sua inscrição, clique aqui.

Saiba mais sobre a I CNARQ.

Visitas guiadas

Deixe um comentário

    No dia dez de outubro os servidores do APERS Fábio Zimmer, Gabriel Ferreira, Irineu Lima, José Araujo, Luciano Barcelos, Luís Oliveira, Rosemeri Iensen e Silvia Soares realizaram visita guiada ao Palácio Piratini. A iniciativa surgiu por demanda dos próprios servidores a partir da necessidade de buscar uma aproximação com os locais e instituições que frequentemente são citadas nas atividades do APERS.

    A visita ao Palácio Piratini foi uma experiência gratificante e instrutiva. Os pontos que mais chamaram a atenção dos colegas foram as pinturas de Aldo Locatelli, especialmente a representação da tradicional lenda gaúcha Negrinho do Pastoreio, e o primeiro automóvel utilizado pelo governo do Estado que ainda está em condições de uso no acervo do Palácio. Estão previstas, ainda, visitas a Cúria Metropolitana e ao Museu Julio de Castilhos.

    No projeto de Visitas Guiadas ao APERS, a servidora Maria Lúcia Souto recebeu duas acadêmicas do Curso de História da PUC/RS, Letícia Krilow e Paloma Madril e duas acadêmicas do Curso de Biblioteconomia da UFRGS, Patrícia Gonçalves e Neuceli de Campos. Além de realizarem a visita guiada pelo conjunto arquitetônico do APERS, as acadêmicas conheceram as técnicas de preservação documental empregadas pela instituição.

Sábados de funcionamento da Sala de Pesquisa do APERS – mês de outubro

Deixe um comentário

    Visando atender melhor os seus pesquisadores, o APERS optou por abrir a Sala de Pesquisa dois sábados por mês, das 9 às 14 horas, mediante solicitação prévia da documentação.

    Para isso o pesquisador pode solicitar os documentos no balcão de atendimento presencial ou por email (saladepesquisa@sarh.rs.gov.br), telefone (51 3288 9104) ou, ainda através do Balcão Virtual.

    Em outubro a sala de pesquisa do APERS atenderá nos sábados: dia 15 e 22.

    Agende sua pesquisa!

I CNARQ – Etapa Regional Sul

Deixe um comentário

    Antecedendo a I Conferência Nacional de Arquivos – I CNARQ, que será nos dias 15 a 17 de dezembro, em Brasília, ocorrerão cinco conferências regionais. O Estado do Rio Grande do Sul sediará a da Região Sul, na cidade de Porto Alegre, nos dias 21 e 22 de outubro.

    Para tanto, estamos fazendo um chamamento a todos para que se mobilizem juntos aos seus pares que façam discussões internas, tendo como base os seis eixos temáticos constantes no projeto e reproduzidos abaixo, para que a discussão na Conferência Regional de Arquivos possa ser mais rica e produtiva.

  É importante que cada Instituição, além de promover as discussões, participe da Conferência com o maior número possível de representantes e apresente suas propostas.

    Eixos temáticos:

  1. Regime jurídico dos arquivos no Brasil e a Lei nº 8.159, 8 de janeiro de 1991: Avaliação do impacto da Lei após 20 anos de implementação. O regime jurídico arquivístico nos estados e municípios após a Lei. O projeto de lei de acesso. O anteprojeto de lei de proteção de dados pessoais. O direito autoral e o direito de uso e reprodução dos documentos de arquivo.
  2. A administração pública e a gestão dos arquivos: A estrutura do Estado no Brasil. A gestão das instituições públicas e a questão dos arquivos no contexto atual. O papel dos arquivos para o Estado e a sociedade. O modelo de instituições e serviços arquivísticos públicos (subordinação, estrutura, orçamento, recursos humanos, materiais, científicos e tecnológicos). Os arquivos públicos e sua relação com políticas e programas de modernização institucional e gestão da informação governamental. Os arquivos como patrimônio científico e cultural e no contexto das políticas de preservação do patrimônio cultural. Fontes de financiamento para a ação arquivística.
  3. Políticas públicas arquivísticas: A estrutura vigente para a definição e implementação de uma política nacional de arquivos (Arquivo Nacional, Conselho Nacional de Arquivos, SINAR), além de políticas federal, estaduais, do Distrito Federal e municipais: balanços e possíveis redesenhos. A anatomia do SINAR. O Conselho Nacional de Arquivos – função, composição e funcionamento. As políticas arquivísticas e suas interseções com outras políticas públicas: cultura, patrimônio, ciência, bibliotecas, governo eletrônico, museus, acesso livre, banda larga, etc. Fontes de financiamento para a implementação de políticas públicas arquivísticas.
  4. Acesso aos Arquivos, Informação e Cidadania: Usos e usuários dos arquivos no Brasil. Instrumentos para a gestão de usos e usuários dos arquivos. Obstáculos e recursos favoráveis ao acesso aos arquivos no Brasil. Mecanismos de ampliação do uso social, cultural e educacional dos arquivos.
  5. Arquivos privados: O cenário dos arquivos privados no Brasil. Serviços privados e públicos de preservação e acesso a arquivos privados. Modelos de gestão e acesso a arquivos privados em diferentes contextos organizacionais. Políticas de aquisição de acervos arquivísticos privados. Critérios e impactos da classificação de arquivos privados de interesse público e outras formas de ação do Estado em relação a arquivos privados. Fontes de Financiamentos para a preservação e acesso a arquivos privados.
  6. Educação, Pesquisa e Recursos Humanos para os Arquivos: Formação e capacitação profissional: balanços e perspectivas. Produção e difusão de conhecimento arquivístico: a situação das linhas de pesquisa, dos periódicos especializados e outros canais de difusão do conhecimento arquivístico. Relações entre Universidades, Instituições e Serviços Arquivísticos. As associações profissionais e a atualização profissional. A profissão de arquivista no Brasil: regulamentação, perfis profissionais, formação, mercado de trabalho etc.

    Os representantes da Comissão Organizadora Regional colocam-se à disposição para ajudar no encaminhamento das discussões.

Contato: conferenciaarquivosul@sarh.rs.gov.br.

Outras notícias.

APERS sedia aula prática para alunos de História da UFRGS

Deixe um comentário

    Na última sexta-feira, dia 30/09/2011, 04 alunos do Curso de História da UFRGS tiveram uma aula prática no APERS. Sob a supervisão da professora Regina Xavier, os alunos tiveram a oportunidade de analisar e acompanhar a busca de Cartas de Alforria no Acervo dos Tabelionatos, após prévia pesquisa no livro, que serviu como um instrumento descritivo, “Que com seu trabalho nos sustenta: as cartas de alforria de Porto Alegre (1748-1888)”, dos autores Paulo Roberto Staudt Moreira e Tatiani de Souza Tassoni.

7º Encontro Arquivistas Estaduais de POA

Deixe um comentário

    No dia 29 de setembro foi realizado no auditório Marcos Tramontini, no APERS, o 7º Encontro dos Arquivistas SIARQ/RS lotados em POA. Estes encontros são promovidos pelo APERS, órgão central do SIARQ/RS, periodicamente com o intuito de promover o debate de questões relacionadas às políticas públicas arquivísticas no âmbito do Estado do RS. A pauta deste encontro foi: Reestruturação do CAFF; e a Conferência Nacional de Arquivos – Etapa Regional.

    Em relação ao diagnóstico dos arquivos para a reestruturação do CAFF, em andamento desde 13 de junho, foi comunicado que o APERS esta na fase de formulação dos relatórios finais por órgão de estado. Em decorrência disto, foi solicitado que os arquivistas que realizaram as visitas técnicas nos órgãos e os que estão lotados nestes, encaminhem até dia sete de outubro parecer técnico a respeito da situação encontrada com propostas de melhorias.

    No que se refere a I Conferencia Regional de Arquivos, prevista para os dias 21 e 22 de outubro, foi marcada reunião para o dia 13 de outubro. Na oportunidade os arquivistas poderão discutir sobre os eixos temáticos abordados na Conferência e as propostas que pretendem apresentar.

    Leia mais:

    Sobre a Reestrutuação do CAFF aqui.

    Sobre a I CNARQ aqui.

Aulas de Libras para funcionários do APERS

Deixe um comentário

    Na manhã de segunda feira dia 26/09/2011, os funcionários do Arquivo Público que participam do Curso de Libras disponibilizado pela FADERS apresentaram peças teatrais como uma da atividades. Os alunos montaram peças teatrais infantis com a linguagem dos sinais, o resultado foram três peças maravilhosas e muitos risos. As histórias escolhidas e apresentadas foram: “Os Três Porquinhos”, “Chapeuzinho Vermelho” e “A Branca de Neve e os Sete Anões”.

    Cada releitura adaptada para a língua de sinais manteve-se fiel a história original com poucas alterações no enredo. Na peça “Os Três Porquinho” o destaque foi para os focinhos dos porquinhos e o cenário produzido pelos próprios alunos, além da grande atuação de todos eles. Já na peça o “Chapeuzinho Vermelho” o que chamou muito a atenção foi o Lobo Mal, que se mostrou muito expressivo e engraçado, o que rendeu boas gargalhadas a todos. Na peça “A Branca de Neve e os Sete Anões” o que mais chamou a atenção foi o personagem principal ter uma barbicha, sim uma barbicha, Branca de Neve foi interpretada por um aluno e deu um ar um tanto quando irônico a personagem bem conhecida dos contos infantis.

    Após as apresentações o professor de libras Luciano, que avaliou as expressões, a adaptação para a língua sinais e o enredo da história, mostrou-se muito contente com o resultado do trabalho e deu a nota máxima a todos os grupos.

Saiba mais.

%d blogueiros gostam disto: