Relatórios APERS 2016 – DIPAD: Programa de Educação Patrimonial UFRGS|APERS

Deixe um comentário

Imagem para post Oficinas

O Programa de Educação Patrimonial UFRGS-APERS (PEP), realizado nesta parceria institucional desde 2009, teve novidades, desafios e conquistas em 2016. A cada novo ano buscamos inovar e qualificar os serviços prestados. Nesse sentido, e no intuito de estreitar os laços entre escolas, Universidade e Arquivo, aprofundando os processos de ensino-aprendizagem a partir do patrimônio cultural vinculado ao ensino de História e à arquivística, no ano de 2016 a participação das turmas nas oficinas de Educação Patrimonial oferecidas nas dependências do APERS foram compreendidas como parte de um projeto, orientado pelo PEP em contato com professores e coordenações pedagógicas das escolas, desenvolvido ao longo do ano letivo, e norteado pelo Regulamento PEP 2016. O regulamento previu a preparação das turmas antes da vinda à oficina, vivência das oficinas no APERS (com transporte oferecido pelo PEP), e aprofundamento da discussão sobre educação a partir do patrimônio em sala de aula, que resultou em produtos exposto na Mostra PEP de Final de Ano, na primeira semana de dezembro de 2016. Os produtos expostos na Mostra foram criados a partir do contato com o patrimônio salvaguardado pelo Arquivo Público, com o conhecimento construído a partir da participação no Programa, e pela reflexão a respeito dos bens culturais de nossa sociedade, do bairro, da comunidade escolar. Todas as atividades foram oferecidas gratuitamente e orientadas pela equipe do PEP, composta por servidores, professores, estagiários e bolsistas da UFRGS e do APERS.

De acordo com o Regulamento foram selecionadas 28 escolas para participação nas oficinas, sendo elas:

  • Colégio de Aplicação da UFRGS (Porto Alegre)
  • Colégio Estadual Augusto Meyer (Guaíba)
  • Colégio Estadual Paraná (Porto Alegre)
  • Colégio Romano Santa Marta (Porto Alegre)
  • Colégio Romano São Mateus (Porto Alegre)
  • Colégio Romano Senhor Bom Jesus (Porto Alegre)
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Ferreira de Abreu (Porto Alegre)
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Oswaldo Aranha (Porto Alegre)
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental Érico Veríssimo (Porto Alegre
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental Planalto Canoense (Canoas)
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental Vila Cruzeiro do Sul (Porto Alegre)
  • Escola Estadual de Ensino Médio Baltazar de Oliveira Garcia (Porto Alegre)
  • Escola Estadual de Ensino Médio Rafaela Remião (Porto Alegre)
  • Escola Estadual de Ensino Municipal Polisinos (São Leopoldo)
  • Escola Estadual Fernando Gomes (Porto Alegre)
  • Escola Estadual Padre Nunes (Gravataí)
  • Escola Municipal de Educação Básica Al
  • ão de Barro (Sapucaia do Sul)
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Anisio Teixeira (Porto Alegre)
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Aramy Silva (Porto Alegre)
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Herbert José de Souza (Alvorada)
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Jerônimo Porto (Viamão)
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Justino Camboim (EJA) (Sapucaia do Sul)
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Justino Camboim (Sapucaia do Sul)
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Pedro Vicente (Viamão)
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental São Pedro (Porto Alegre)
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Wenceslau Fontoura (Porto Alegre)
  • Escola Técnica Estadual Frederico G. Schmidt (São Leopoldo)
  • berto Santos Dumont (Sapucaia do Sul)
  • Escola Municipal de Educação Básica Jo

Sendo assim, ao longo do ano foram ministradas 84 oficinas, atendendo um total de 1.650 estudantes. Foram 48 oficinas Os Tesouros da Família Arquivo (para 6º e 7º ano) para 1.016 alunos, 18 oficinas Desvendando o Arquivo Público: historiador por um dia (para 8º e 9º ano) para 309 alunos, e 17 oficinas Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos (para o Ensino Médio) para 325 alunos. Se em 2015 reformulamos da oficina Tesouros, em 2016 foi a vez de outra atividade bastante importante e enriquecedora: a reformulação da oficina Desvendando o Arquivo Público: historiador por um dia, construída a partir de documentos que propiciam a reflexão sobre relações de gênero. Confira as turmas que participaram:

Abril:

  • Dia 20: os alunos do 6º ano, turma 6B, da Escola Estadual Fernando Gomes participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Adriana Quadros.
  • Dia 26: os alunos do 7º ano, turma 71, da Escola Estadual Ensino Fundamental Dr Ferreira de Abreu participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Andreia de Souza.
  • Dia 27: os alunos do 6° e 7° ano, turma 617 e 717, do Colégio Estadual Paraná participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Carlos Reni Silva.
  • Dia 28: os alunos do 7° ano, turma 7B, da Escola Municipal de Educação Básica João de Barro participaram, pela manhã, da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Luana Morais.
  • Dia 28: os alunos do 6° ano, turma B34, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Wenceslau Fontoura participaram, pela tarde, da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Betina Stampe.

Maio:

  • Dia 04: os alunos do 3° ano, turma 302, do Colégio Estadual Augusto Meyer participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Alfredo Ranzan.
  • Dia 04: os alunos do 7° ano, turma A, da Escola Municipal de Educação Básica Alberto Santos Dumont participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Ana Paula Madruga.
  • Dia 05: os alunos do 3° ano, turma 301, do Colégio Estadual Augusto Meyer participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Alfredo Ranzan.
  • Dia 09: os alunos da turma de Introdução ao Estágio do Curso de História da UFRGS/FACED vivenciaram a oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pela professora Carmem Gil.
  • Dia 11: os alunos do 3° ano, turma 303, do Colégio Estadual Augusto Meyer participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Alfredo Ranzan.
  • Dia 12: os alunos do 7º ano, turma 70B, da Escola Estadual Ensino Fundamental Planalto Canoense participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados da Sherol dos Santos.
  • Dia 18: os alunos do 7º ano, turma C12, da Escola Municipal Ensino Fundamental Aramy Silva participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados da professora Fabiana Meira.
  • Dia 19: os alunos do 3º ano, turma 206, do Colégio Estadual Augusto Meyer participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Alfredo Ranzan.
  • Dia 19: os alunos do 3º ano, turma 305, do Colégio Estadual Augusto Meyer participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Alfredo Ranzan.
  • Dia 24: os alunos do 7° ano, turma C11, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Aramy Silva participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Fabiana Meira.
  • Dia 24: os alunos do 6° ano, turma 61, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr Ferreira de Abreu participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Andreia de Souza.
  • Dia 25: os alunos do 6° ano, turma 62, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr Ferreira de Abreu participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Andreia de Souza.

Junho:

  • Dia 1º: pela manhã os alunos do 6° ano, turma 161, do Colégio Romano Santa Marta participaram de nossa oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Adriana Quadros.
  • Dia 02: pela manhã os alunos do 6° ano, turma 161, do Colégio Romano São Matheus participaram de nossa oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Rinaldo Geremias.
  • Dia 08: pela tarde os alunos do 7° ano, turma 7C, da Escola Municipal de Educação Básica Alberto Santos Dumont participaram de nossa oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Ana Paula Madruga.
  • Dia 09: pela manhã os alunos do 6° ano, turma 161, do Colégio Romano Bom Jesus participaram de nossa oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Gustavo Barcelos.
  • Dia 09: a noite os alunos do 3° ano, turma 306, da Escola Estadual Augusto Meyer participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Alfredo Ranzan.
  • Dia 13: pela manhã os alunos do 7° ano, turma C13, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Aramy Silva participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Fabiana Meira.
  • Dia 15: pela manhã os alunos do 6° ano, turma 60, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Oswaldo Aranha participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Olga M. Boelter.
  • Dia 16: pela manhã os alunos do 6° ano, turma 162, do Colégio Romano Senhor Bom Jesus participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Gustavo Barcelos.
  • Dia 21: pela manhã os alunos do 7° ano, turma 70, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Oswaldo Aranha participaram de nossa oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Olga Boelter.
  • Dia 22: os alunos do 7° ano, turma 72, Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Ferreira de Abreu participaram de nossa oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Lusimara Borba.
  • Dia 23: pela manhã os alunos do 6° ano, turma 163, do Colégio Romano Bom Jesus participaram de nossa oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Gustavo Barcelos.
  • Dia 29: os alunos do 8° ano, turma 80, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Érico Veríssimo participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Carlos Reni.
  • Dia 30: os alunos do 8° ano, turma 81, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Érico Veríssimo participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Carlos Reni.

Agosto:

  • Dia 11: os participantes da Capacitação de Oficineiros APERS | UFRGS vivenciaram a oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos”.
  • Dia 16: pela manhã, os alunos das turmas 80 e 90 / 8º e 9º ano da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Oswaldo Aranha participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Olga Madalena Boelter.
  • Dia 17: pela manhã, os alunos da Turma C31, 9º ano, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Aramy Silva participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Fabiana Borges Meira.
  • Dia 18: pela manhã, os alunos da turma C30, 9º ano, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Wenceslau Fontoura participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Alda Marici da Silva Silveira.
  • Dia 18: os participantes da Capacitação de Oficineiros APERS | UFRGS vivenciaram a oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia”.
  • Dia 23: pela manhã, os alunos da Turma C32, 9º ano, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Aramy Silva participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Fabiana Borges Meira.
  • Dia 23: pela tarde, os alunos da Turma 60A, 6º ano, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Planalto Canoense participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Sherol Santos.
  • Dia 24: pela manhã, os alunos da turma C32, 9º ano, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Heitor Villa Lobos participaram a oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Fátima Veiga Mendonça.
  • Dia 24: pela tarde, os alunos do Curso de Museologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul vivenciaram a oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Zita Rosane Possamai.
  • Dia 25: pela manhã, os alunos das turmas 81, 82 e 92, 8º e 9º anos, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Vila Cruzeiro do Sul participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Geórgia Frota Nunes.
  • Dia 30: pela manhã os alunos da Turma 70A, 7º ano, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Planalto Canoense participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Sherol Santos.
  • Dia 30: a tarde os alunos da Turma 81, 8º ano, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Ferreira de Abreu participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Ione Monteiro.
  • Dia 31: pela manhã, os alunos da Turma A, 6º ano, da Escola Municipal de Educação Básica Alberto Santos Dumont participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Ana Paula Freitas Madruga.
  • Da 31: a tarde, os alunos da Turma 82, 8º ano, Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Ferreira de Abreu participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Andreia Ferreira de Souza.

Setembro:

  • Dia 1º: pela manhã, os alunos da Turma C33, 9º ano, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Heitor Villa Lobos participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Fátima Veiga Mendonça.
  • Dia 06: pela manhã, os alunos da turma 61, 6º ano, da Escola Estadual de Ensino Médio Baltazar de Oliveira Garcia participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Eduardo Schütz.
  • Dia 06: pela tarde, os alunos da turma 62, 6º ano, da Escola Estadual de Ensino Médio Rafaela Remião participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Louisi Berndt.
  • Dia 08: pela manhã, os alunos da turma 62, 6º ano, da Escola Estadual de Ensino Médio Baltazar de Oliveira Garcia participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Eduardo Schütz.
  • Dia 08: à noite, os alunos das séries finais da Educação de Jovens e Adultos (EJA) daEscola Municipal de Ensino Fundamental Justino Camboim participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pela professora Kátia Tháis Machado.
  • Dia 13: os alunos da turma 63, 6º ano, da Escola Estadual de Ensino Médio Baltazar de Oliveira Garcia participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Eduardo Schutz.
  • Dia 14: os alunos da turma B, 6º ano, da Escola Municipal de Educação Básica Alberto Santos Dumont participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Ana Paula Freitas Madruga.
  • Dia 15: os alunos da turma 64, 6º ano, da Escola Estadual de Ensino Médio Baltazar de Oliveira Garcia participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Eduardo Schutz.
  • Dia 21: pela manhã, os alunos da turma C / 6º ano da Escola Municipal de Ensino Básico Alberto Santos Dumont participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Ana Paula Freitas Madruga.
  • Dia 21: pela tarde, os alunos da turma 60, 6º ano, da Escola Estadual de Ensino Médio Rafaela Remião participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Laura Montemezzo.
  • Dia 22: pela manhã, os alunos da turma 66, 6º ano, da Escola Estadual de Ensino Médio Baltazar de Oliveira Garcia participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Eduardo Schutz.
  • Dia 27: pela manhã, os alunos do 2º ano, turma 201, da Escola Estadual de Ensino Médio Padre Nunes participaram a oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Rafael Policeno de Souza.
  • Dia 28: pela manhã, os alunos do 6º ano, turma E, da Escola Estadual de Ensino Básico Alberto Santos Dummont participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Ana Paula Madruga.
  • Dia 29: pela manhã, os alunos do 2º ano, turma 202, da Escola Estadual de Ensino Médio Padre Nunes participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Rafael Policeno de Souza.
  • Dia 29: a tarde, os alunos do 6º ano, turma B30, da Escola Estadual de Ensino Fundamental São Pedro participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Luciano Gomes.

Outubro:

  • Dia 04: pela manhã os alunos da Turma A / 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental João de Barro participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Chaiane Silveira.
  • Dia 04: pela tarde os alunos da Turma A / 6º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Justino Camboin participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Ana Paula Madruga.
  • Dia 05: pela manhã os alunos da Turma 81 / 8º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Jerônimo Porto participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Daniela Simões de Souza.
  • Dia 05: pela tarde os alunos da Turma 61 / 6º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Jerônimo Porto participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Daniela Simões de Souza.
  • Dia 06: pela manhã os alunos da Turma 65 / 6º ano da Escola Estadual de Ensino Médio Baltazar de Oliveira Garcia participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Eduardo Schultz.
  • Dia 06: pela tarde os alunos da Turma B / 6º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Justino Camboin participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Ana Paula Madruga.
  • Dia 11: pela manhã os alunos da Turma 13 M1 / 3º ano da Escola Técnica Estadual Frederico Guilherme Schmidt participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Marcos Freire Machado.
  • Dia 11: pela tarde os alunos da Turma 92 / 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Herbert José de Souza, de Alvorada, participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pelo professor Marcelo Rios.
  • Dia 13: pela manhã os alunos da Turma 23 M1 / 3º ano da Escola Técnica Estadual Frederico Guilherme Schmidt participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Marcos Freire Machado.
  • Dia 13: a noite os alunos das Turmas T5 e T6 de Educação de Jovens e Adultos (EJA) daEscola Municipal de Ensino Fundamental São Pedro participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pelo professor Rodrigo Dornelles.
  • Dia 18: pela manhã os alunos das Turmas A e B / 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Justino Camboin participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Ana paula Madruga.
  • Dia 18: pela tarde os alunos das Turmas A, B e E / 1º ano da Escola Estadual de Ensino Médio Polisinos participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pela professora Fernanda Senger.
  • Dia 20: pela manhã os alunos da Turma 91 / 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Jerônimo Porto participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Daniela Simões de Souza.
  • Dia 20: pela tarde os alunos da Turma 71 / 7º ano Escola Municipal de Ensino Fundamental Jerônimo Porto participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pela professora Daniela Simões de Souza.
  • Dia 25: pela manhã os alunos da Turma 81 / 8º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Pedro Vicente participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Sheila Lima Nogueira.
  • Dia 25: pela tarde os alunos da Turma 1 C / 1º ano da Escola Estadual de Ensino Médio Polisinos participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pela professora Fernanda Senger.
  • Dia 26: pela manhã os alunos do 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Herbert José de Souza participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pelo professor Marcelo Rios.
  • Dia 27: pela tarde os alunos dos 6º e 7º anos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Ildefonso Gomes participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelos professores Bianca Zotti e Guilherme Pomar.

Novembro:

  • Dia 1º: pela manhã os alunos da turma 73 / 7º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Herbert José de Souza participou da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Marcelo Rios.
  • Dia 1º: pela tarde os alunos das turmas 1D e 1E/ 1º ano da Escola Estadual de Ensino Médio Polisinos participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pela professora Fernanda Senger.
  • Dia 03: pela manhã os alunos da turma 71 / 7º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Herbert José de Souza participou da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Marcelo Rios.
  • Dia 08: pela manhã os alunos da turma 91/ 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Pedro Vicente participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Sheila Lima Nogueira.
  • Dia 08: pela tarde os alunos da turma 1F / 1º ano da Escola Estadual de Ensino Médio Polisinos participaram da oficina “Resistência em Arquivo: Patrimônio, Ditadura e Direitos Humanos” acompanhados pela professora Fernanda Senger.
  • Dia 09: pela manhã os alunos do 7º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Herbert José de Souza participaram da oficina “Os Tesouros da Família Arquivo” acompanhados pelo professor Marcelo Rios.
  • Dia 10: pela manhã os alunos da turma C31 / 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Heitor Villa Lobos participaram da oficina “Desvendando o Arquivo Público: Historiador por um dia” acompanhados pela professora Fátima Veiga Mendonça.

Em 2016 promovemos duas capacitações de oficineiros. No 1º semestre foi possível receber quatro estudantes da disciplina de Estágio de Docência III – Educação Patrimonial, do curso de Licenciatura em História da UFRGS, que se incluíram no processo de reformulação da oficina, participando de alguns dos encontros do curso de formação, realizando visita ao conjunto arquitetônico do APERS, construindo materiais didáticos para a oficina Desvendando em parceria com a equipe do PEP, e finalmente realizando quatro práticas dessa oficina. No 2º semestre voltamos à capacitação em seu formato habitual, com 12 encontros, sendo quatro de aproximação com as oficinas e sua base teórica, dois de observação, e seis de práticas. Neste semestre foram capacitados oito oficineiros.

Outra atividade que exigiu a dedicação da equipe do PEP foi o curso de formação para professores, intitulado Educação Patrimonial, Cidadania e Direitos Humanos: desafios do tempo presente, realizado entre os meses de agosto e outubro, em sete encontros nas tardes e noites de sextas-feiras. Foram capacitados 44 cursistas, que concluíram as horas necessárias para o recebimento do certificado.

Também, em 2016, lançamos, em formato impresso e em .pdf, o livro “PEP em revista: O Programa de Educação Patrimonial UFRGS-APERS”, pensado em formato de revista, bastante ilustrado e dinâmico, que conta a história do PEP de 2009 até meados de 2015 e o folder do PEP.

Em 2016 também participamos de eventos promovendo a difusão do PEP:

  • Estudantes de Arquivologia produzem vídeo sobre o PEP: ao longo do 1º semestre nossa equipe do PEP recebeu as e os estudantes Fabiano Nunes, Letícia Prauchner, Paula Sant’Anna, Sharon Daniela Nuñez e William Albano, da disciplina de Difusão em Arquivos oferecida pelo curso de Arquivologia da UFRGS, e ministrada pelo Prof. Dr. Moisés Rockembach. O objetivo dos encontros foi viabilizar a realização do trabalho final da disciplina, já que o grupo optou por abordar a difusão por meio da Educação Patrimonial. O resultado foi apresentado na UFRGS, e disponibilizado no YouTube.
  • I Seminário Nacional História e Patrimônio Cultural: a Técnica em Assuntos Culturais/Historiadora do APERS, Clarissa Alves, participou do I Seminário Nacional História e Patrimônio Cultural apresentando trabalho em parceria com a Prof.ª Carla Rodeghero (Dep. e PPG em História / UFRGS). A comunicação teve como foco as oficinas de educação patrimonial oferecidas pelo PEP UFRGS-APERS, sendo debatida no simpósio temático “Ensino de História, Patrimônio Cultural e Memória Social”.
  • XIII Encontro Estadual de História: os oficineiros apresentaram dois pôsteres, e a Técnica em Assuntos Culturais/Historiadora do APERS, Clarissa Alves, ofereceu a oficina “Democracia e Direitos Humanos no ensino de História a partir de fontes documentais”, e que teve como proposta utilizar o patrimônio documental do APERS enquanto ferramenta nos processos de ensino-aprendizagem no ensino de história, para construir atividades e planos de ensino que abordassem, entre outros temas, educação antirracista, equidade de gênero, combate às desigualdades e importância da democracia. Os pôsteres apresentados foram: 1) ““A ré sorri de tudo”: a mulher criminosa na Porto Alegre do século XIX a partir do caso de Joanna Eiras” de Davi dos Santos e Isadora Librenza e 2) “Joanna Eiras: representações midiáticas e imaginário social de uma mulher criminosa no final do século XIX” de Andressa Malhão, Guilherme Palermo e Marília Cardoso, ambos orientados pela professora Carla Rodeghero.

Consideramos que 2016 foi um ano bastante produtivo para o PEP e agradecemos a participação de cada uma e de cada um que colaborou de alguma forma para esta construção tão coletiva: estudantes de graduação e de cada escola, professores da Educação Básica, professores das Universidades, equipe PEP… Que 2017 seja ainda melhor!

Trabalharam nas atividades do PEP: 1) Servidores APERS: Aerta Moscon, Caroline Baseggio, Clarissa Sommer Alves, Maria de Lourdes Soares Zamo, Nôva Brando, Roberta Valença Scholz; 2) Estágiarios APERS: Davi dos Santos, Deise Freitas, Gabriella Amaro, Jéssica Gomes, Paulo Eduardo Fasolo Klein; 3) Professores UFRGS: Carla Simone Rodeghero, Igor Salomão Teixeira, Vanderlei Machado, 4) Bolsistas UFRGS: Amanda Ciarlo, Andressa Malhão, Andrei Monteiro, Bianca Zotti, Deiner Barili, Guilherme Lauterbach, Guilherme Soares, Isadora Librenza, Jurema Job, Lubianca Montagner Weber, Luciana Tubello Caldas, Marília Blanco, Thaíse Mazzei; 5) Estágios Curriculares: Andreia Borba, Débora Salvi, Deiner Barili, Flávia das Neves Chaves, Luiz Henrique Mangeon, Lívia Gallo, Marília Blanco, Paulo Eduardo Fasolo Klein, Renata Coutinho, Sara Dalpiaz, Tiago Medeiros, Thiago de Souza Freitas.

Notícias relacionadas:

Balanço 2016 do APERS

Relatórios APERS 2016 – DIPAD: Divulga APERS

I Mostra de Educação Patrimonial

Deixe um comentário

   O Programa de Educação Patrimonial (PEP-UFRGS/APERS) tem o prazer de convidar a todas e todos para a abertura da I Mostra de Educação Patrimonial no dia 09 de dezembro, sexta-feira, às 17h30, no Espaço Joél Abílio Pinto dos Santos no Arquivo Público do Estado do Rio Grande do Sul – APERS.

    A Mostra estará disponível para visitação, aqui no APERS, de 09 a 30 de dezembro de 2016 e tem como objetivo expor os trabalhos realizados em sala de aula pelas escolas que participaram de nossas oficinas de educação patrimonial durante o ano, com temática envolvendo patrimônio.

    O Arquivo Público do RS fica situado rua Riachuelo, nº 1031, Centro Histórico. Aberto das 8h30min às 17hs de segunda a sexta-feira. Esperamos sua visita!

2016-12-07-mostra-i-pep

APERS no I Seminário Nacional História e Patrimônio Cultural

Deixe um comentário

2016-10-05-apers-no-seminario-nac-historia-e-patrimonio-b    Na tarde de segunda-feira, 03 de outubro, a historiadora do APERS, Clarissa Sommer, participou do I Seminário Nacional História e Patrimônio Cultural apresentando trabalho em parceria com a prof.ª Carla Rodeghero (Dep. e PPG em História / UFRGS). A comunicação teve como foco as oficinas de educação patrimonial oferecidas pelo PEP UFRGS-APERS, sendo debatida no simpósio temático “Ensino de História, Patrimônio Cultural e Memória Social”.

    As apresentadoras refletiram sobre as relações entre história, memória e patrimônio, problematizando como os patrimônios salvaguardados pelo APERS – pensados enquanto vestígios do passado e enquanto possíveis suportes para diferentes memórias – podem contribuir para processos de ensino-aprendizagem que suscitem valorização e apropriação crítica de nosso patrimônio cultural, relacionando-se a identidades individuais e coletivas das e dos estudantes.

2016-10-05-apers-no-seminario-nac-historia-e-patrimonio-a

   Neste sentido, as oficinas foram apresentadas em seus constantes processos de avaliação e reformulação, que respondem às demandas de estudantes, professores e da equipe do Programa, buscando atualizações que dialoguem com as novidades na produção historiográfica e com os desafios colocados pelo tempo presente.

    As principais ações do PEP também foram apresentadas de maneira geral, de forma que o público presente tivesse conhecimento sobre o oferecimento de oficinas, capacitações de oficineiros, cursos de formação para professores e participação da equipe em eventos e publicações. Assim que o texto completo for lançado através dos anais do evento, divulgaremos aqui!

Lista de Inscritos – Curso Educação Patrimonial, Cidadania e Direitos Humanos: desafios do tempo presente.

Deixe um comentário

É com satisfação que divulgamos a lista de inscritos para o curso “Educação Patrimonial, Cidadania e Direitos Humanos: desafios do tempo presente”.

As atividades começam nesta sexta-feira, 26/08, às 14h, no auditório do Arquivo Público (Rua Riachuelo, 1031, Centro de Porto Alegre). Até lá!

Lista de Inscritos Curso Educ Patrimonial 2016

Acesse aqui a programação completa.

Inscreva-se no Curso “Educação Patrimonial, Cidadania e Direitos Humanos: desafios do tempo presente”.

5 Comentários

Confira a programação completa do curso:

Cartaz Curso PEP Profs Programação geral

Para solicitar participação, baixe a ficha de inscrição clicando aqui, e siga as instruções nela contidas.

Participe: PEP UFRG-APERS promove 6ª edição do curso anual de formação para professores!

2 Comentários

Imagem para notícia curso profs

       Problematizar e pensar juntos os desafios colocados à escola e à comunidade escolar em nossa sociedade contemporânea. Refletir sobre dificuldades e transformações, e construir caminhos que contribuam para qualificar os processos de ensino-aprendizagem, as relações humanas e a produção de conhecimentos nestes espaços. São alguns dos objetivos que motivam a oferta de mais uma edição do curso de formação para professores que vem sendo promovido pelo Programa de Educação Patrimonial UFRGS-APERS (PEP) desde 2011.

    Em 2016 o curso intitula-se “Educação Patrimonial, Cidadania e Direitos Humanos: desafios do tempo presente”, e iniciará no dia 26 de agosto, sexta-feira, às 14h. Serão sete encontros, sempre nas sextas, das 14h às 19:30h, com pausa para o lanche e convivência. Os temas abordados, sempre em uma perspectiva voltada ao trabalho nas escolas, serão: patrimônio cultural e educação; ditaduras e ensino na Educação Básica; liberdade docente e o projeto “Escola sem Partido”; relações étnico-raciais; estado laico e liberdade religiosa; diversidade e relações de gênero; e violência Direitos Humanos.

    A carga horária será de 40h com certificado, em um curso que envolverá palestras com debate, oficinas, relatos de experiência e rodas de conversa. As inscrições serão gratuitas, e iniciarão na próxima semana, dia 03 de agosto, quando divulgaremos a programação completa. O público-alvo são, especialmente, professoras e professores da rede pública de ensino com atuação efetiva em sala de aula. Caso as vagas não sejam todas preenchidas por estes, serão inscritos professores de redes privadas, educadores atuantes em espaços não formais de educação, e estudantes de cursos de graduação em licenciaturas.

 Informações podem ser obtidas pelo e-mail acaoeducativa@smarh.rs.gov.br.

    Programe-se, converse com colegas de sua escola e participem!

Agora você pode baixar a publicação “PEP em Revista”!

Deixe um comentário

2016.07.13 Capa PEP em Revista vol 1Em março deste ano realizamos o evento de lançamento da publicação “PEP em Revista: o Programa de Educação Patrimonial UFRGS-APERS”, produzida com recursos do edital Proext MEC 2015/2016 para registrar as ações que vem sendo desenvolvidas na parceria entre o APERS e a UFRGS desde 2009. O volume, organizado pelas servidoras do APERS Clarissa Sommer e Nôva Brando, e pela prof.ª Carla Simone Rodeghero (História/UFRGS),  foi produzido por elas com contribuição de toda a equipe presente no Programa em 2015 – grupo que pode ser conhecido nas páginas da publicação.

Os exemplares estão sendo distribuídos no APERS para professores, profissionais de instituições de memória e patrimônio, e demais interessados. Agora, disponibilizamos também online, para que você possa baixar e conhecer mais sobre este trabalho! Acesse clicando aqui.

Older Entries

%d blogueiros gostam disto: